Esporte

Chape pega time do Papa em busca de mais um 'milagre' na Sul-Americana

31/10/2016 17h20

Montevidéu, 31 Out 2016 (AFP) - No embalo da classificação inédita às semifinais da Copa Sul-Americana, a Chapecoense viaja à Argentina para encarar o San Lorenzo, nesta quarta-feira, em Buenos Aires.

Na outra semi, o Atlético Nacional, algoz do Coritiba, visita na terça-feira o Cerro Porteño, para manter vivo o sonho da 'dobradinha' com a Libertadores.

A Chape já tinha brilhado na Sul-Americana no ano passado, chegando às quartas na sua primeira participação a um torneio internacional.

A experiência ajudou o time catarinense a alçar voos mais altos nesta temporada.

Depois de eliminar nas oitavas o tradicional Independiente, da Argentina, o time comandado por Caio Júnior despachou o Junior Barranquilla, mostrando personalidade ao reverter a derrota sofrida na Colômbia (1-0) com vitória por 3 a 0 na Arena Condá.

O último obstáculo na caminhada rumo à decisão é o San Lorenzo, que tenta o bicampeonato na competição, 12 anos de ter conquistado a primeira edição, em 2012.

Campeão da Libertadores em 2014, sob o comando de Edgardo Bauza, hoje técnico da seleção argentina, o time de coração do Papa suou nas quartas para derrotar o Palestino, carrasco do Flamengo nas oitavas.

A Chape mostrou que pode dar conta do recado fora dos seus domínios ao segurar o empate em 1 a 1 diante do Corinthians, no último sábado, em São Paulo, mantendo-se no meio da tabela do Brasileirão.

Borja a ponto de balaJá o Atlético Nacional sonha em repetir a façanha do River Plate, que conquistou a Sul-Americana e a Libertadores em sequência, em 2014 e 2015.

A diferença é que o time colombiano pode abocanhar os dois troféus no mesmo ano. O problema é que alviverde de Medellín também tem a cabeça no Japão, com a perspectiva de disputar o Mundial de Clubes, em dezembro.

Nesta terça-feira, o Atlético Nacional não terá vida fácil no Paraguai, contra um Cerro Porteño que eliminou com autoridade outro time de Medellín, o Independiente.

Em Assunção, o técnico Reinaldo Rueda aposta na grande fase do artilheiro Miguel Borja, o 'matador de brasileiros', autor de quatro gols no confronto com o São Paulo, nas semifinais da Libertadores, e três contra o Coritiba, nas quartas da sul-americana.

As partidas de volta estão marcadas para os dias 23 e 24 de novembro, depois da pausa para jogos das seleções nacionais, que disputam as eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo de 2018.

- Semifinais da Copa Sul-Americana

Partidas de ida

Em Assunção, terça-feira: Cerro Porteño (PAR) - Atlético Nacional (COL).

Em Buenos Aires, quarta-feira: San Lorenzo (ARG) - Chapecoense (BRA).

bur-ol/lg/mvv

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo