Esporte

Maior artilheiro da história das Copas, Klose oficializa aposentadoria

FLAVIO FLORIDO/UOL
Imagem: FLAVIO FLORIDO/UOL

Das agências EFE e AFP

01/11/2016 13h58

Recordista de gols na história das Copas do Mundo, Miroslav Klose encerrou de maneira oficial sua carreira como jogador e passará a integrar de maneira imediata a comissão técnica da seleção da Alemanha, anunciou a Federação Alemã de Futebol (DFB).

O atacante marcou 16 gols em quatro Copas do Mundo: Coreia do Sul e Japão-2002, Alemanha-2006, África do Sul-2010 e Brasil-2014. Ele ultrapassou Ronaldo Fenômeno na estatística ao marcar um dos sete gols da Alemanha na semifinal contra os brasileiros na Copa de 2014. 

Klose, 38 anos, teve o contrato com a Lazio encerrado em junho e desde então estava sem clube. Alguns clubes demonstraram interesse em sua contratação, mas o atacante optou pelo adeus ao futebol.

Klose iniciou a sua carreira no Homburg, em 1998, e chamou a atenção no Kaiserslautern, clube que defendeu de 1999 a 2004. Ainda no futebol alemão, teve passagem de sucesso pelo Werder Bremen entre 2004 e 2007 e viveu o auge no Bayern de Munique, entre 2007 e 2011. Já consagrado, defendeu a Lazio por cinco anos antes de encerrar a carreira. 

Nova carreira

Segundo a Federação Alemã de Futebol (DFB), Klose participará de um programa de formação dentro da seleção do país para se tornar técnico. Além do trabalho de formação, requisito para obter a licença de técnico na Alemanha, Klose, de 38 anos, se envolverá com questões relativas à seleção principal e também atuará em programas relacionados com as categorias de base.

O ex-artilheiro já estará com o técnico da Alemanha, Joachim Löw, para a partida de 11 de novembro contra San Marino, válida pelas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2018, e para o amistoso quatro dias depois contra a Itália.

A última vez que Klose vestiu a camisa da seleção alemã foi na decisão da Copa do Mundo de 2014, no Maracanã, quando a equipe venceu a Argentina, por 1 a 0, e conquistou o tetracampeonato. O atacante jogou 137 partidas com a seleção, marcando 71 gols, sendo o maior artilheiro da história da seleção e o segundo jogador com mais jogos, atrás de Lothar Matthaüs, com 150.

"Meus maiores sucessos foram alcançados com a seleção, por isso decidi voltar. Nos últimos meses, amadureci a ideia de seguir no campo, mas em outra perspectiva, a de técnico. Ler uma partida, me preparar detalhadamente e desenvolver táticas e estratégias são coisas que já me interessavam como jogador", disse Klose.

Löw celebrou o fato de ter o ex-jogador agora como seu assistente. "Posso confiar nele plenamente. É um exemplo como pessoa e como atleta, que faz tudo para o sucesso da equipe", afirmou.

Quer receber notícias do seu time de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo