Esporte

Leonardo não se vê como técnico da Inter de Milão

02/11/2016 14h24

Roma, 2 Nov 2016 (AFP) - O brasileiro Leonardo, ex-jogador e dirigente do Paris Saint-Germain, declarou nesta quarta-feira que não se vê treinando a Inter de Milão, um cargo que já ocupou no passado, respondendo aos rumores que o colocam como substituto do holandês Frank De Boer à frente da equipe milanesa.

"Não tenho o perfil ideal para a Inter. Sou um técnico de gestão. Não é o perfil que buscam, e quando vejo o que está acontecendo eu não me vejo lá", declarou á emissora Sky, para a qual trabalha como comentarista.

"É uma honra que meu nome seja citado, mas acredito que está mais ligado a meu passado do que presente. Acho que é um reconhecimento ao que fizemos juntos", completou.

Leonardo foi técnico da Inter de Milão por seis meses em 2011, antes de assumir o cargo de diretor esportivo do PSG.

A Inter anunciou na terça-feira a demissão do técnico holandês Frank De Boer, que ficou menos de três meses no cargo, e colocou Stefano Vecchi, técnico das categorias de base, no comando da equipe principal de maneira interina para o confronto desta quinta-feira contra o Southampton, pela Liga Europa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo