Topo

Esporte

Polêmico Barton volta a treinar na Escócia, mas sob condição

02/11/2016 16h09

Glasgow, 2 Nov 2016 (AFP) - O polêmico meia inglês Joey Barton, suspends desde setembro, foi autorizado a voltar a treinar com o clube escocês Glasgow Rangers, mas "terá que se conformar" com as condições impostas pelo clube, anunciou o time escocês nesta quarta-feira.

"Joey Barton foi notificado que precisa voltar a treinar em tempo integral após o fim do processo disciplinar", escreveu o clube em comunicado.

"O clube vai informar ao jogador o que foi acertado em relação aos treinos. Ele terá que se conformar com as demandas enquanto for jogador dos Rangers", completou o clube.

De acordo com a imprensa britânica, o jogador de 34 anos irá participar somente de treinos físicos ou treinará com a equipe sub-23 do clube, não com o time principal.

"Nem o clube, nem o jogador irão comentar a decisão", concluiu o Rangers.

Os Rangers suspenderam Barton em final de setembro após o polêmico jogador brigar com um companheiro durante o treino. A suspensão foi em seguida prolongada.

Em início de outubro, a Federação Escocesa abriu uma processo de investigação, após acusar Barton de ter apostado em jogos, o que representa uma violação do regulamento da entidade.

Conhecido por jogar de maneira dura e por não ter papas na língua, se tornado famoso no Brasil pelas críticas ao futebol de Neymar e por chamar o zagueiro Thiago Silva de "travesti", o ex-jogador de Manchester City e Olympique de Marselha também já precisou aparecer diante do tribunal pelo comportamento fora de campo.

Em julho de 2008, Barton foi condenado a seis meses de prisão provisória por ter enviado ao hospital um companheiro de equipe, o francês Ousmane Dabo, em briga iniciada com uma entrada criminosa do inglês em um treino.

Neste mesmo foi condenado a seis meses de prisão por agressão durante uma saída noturna em Liverpool.

pi-mam/jcp/am

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte