Esporte

Justiça israelense reabre debate sobre futebol durante dia religioso

Dylan Martinez/Reuters
Israel quer explicações para jogos de futebol entre a noite de sexta-feira e a noite de sábado; na foto, o Estádio Turner, em Be'er Sheva Imagem: Dylan Martinez/Reuters

Da AFP, em Jerusalém

04/11/2016 18h39

O Supremo Tribunal israelense solicitou ao Estado judaico que explique por que o mundo do futebol é uma exceção à obrigação comum de descanso semanal no dia do Shabat, confirmou nesta sexta-feira a maior autoridade judicial do país.

O Supremo Tribunal reabriu assim o polêmico debate sobre a disputa de jogos de futebol durante o Shabat, dia sagrado para os judeus, de sexta-feira à noite a sábado à noite.

A justiça pediu na quinta-feira ao procurador-geral que explique em até 90 dias por que as disposições da lei sobre o descanso semanal não se aplicam plenamente ao futebol.

Historicamente em Israel o futebol sempre foi jogado no dia do Shabat, quando o restante das atividades do país é interrompida. Parte dos jogos da primeira divisão é disputada na sexta-feira à noite ou no sábado e são assistidos, tanto no estádio ou pela televisão, por dezenas de milhares de pessoas.

A exceção do futebol é regularmente atacada pelos defensores da ortodoxia religiosa. Em agosto de 2015, um juiz de Tel Aviv havia dado ganho de causa a jogadores da segunda divisão que, por motivos religiosos, se negaram a jogar durante o Shabat.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo