Esporte

Bolívia reclama do gramado na Venezuela e pede inspeção da Fifa

10/11/2016 18h04

La Paz, 10 Nov 2016 (AFP) - A delegação da seleção boliviana que enfrentará a Venezuela nesta quinta-feira, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, reclamou do estado do gramado do estádio de Maturín, onde será disputada a partida, e pediu para que a Fifa inspecione o local.

Os chefes da delegação boliviana, Conrado Jiménez e Eduardo Angulo, solicitaram para que o delegado da Fifa para a partida "realize uma inspeção prévia para constatar que o campo de jogo não está nas melhores condições para a disputa de uma partida oficial".

A assessoria de imprensa da Federação Boliviana chegou a distribuir fotos de operários realizando reparos de última hora no gramado.

O estádio, construído para a Copa América de 2007, é o de maior capacidade no país, podendo receber 52.000 torcedores.

O estado do campo estava tão crítico que a seleção boliviana sequer pôde treinar no local na quarta-feira.

O próprio técnico da Venezuela, Rafael Dudamel, confessou sentir "amargura e tristeza" por causa da qualidade do gramado.

A última partida de eliminatórias realizada em terras venezuelanas também resultou em vexame para os organizadores, com um apagão que interrompeu por quase vinte minutos o final do duelo com o Brasil, que terminou com derrota por 2 a 0 da 'vinotinto'.

Bolívia e Venezuela ocupam as últimas posições nas eliminatórias, com apenas 4 e 2 pontos em dez rodadas, respectivamente.

Os bolivianos tiveram quatro pontos retirados 'no tapetão' por ter escalado um jogador de forma irregular nas partidas contra Chile (0-0) e Peru (2-0).

A Federação Boliviana informou nesta quinta-feira que recebeu da Fifa os autos que justificam a punição, e já informou que pretende recorrer da decisão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo