Esporte

GP do Brasil de F1 é novamente interrompido por chuva

13/11/2016 15h56

São Paulo, 13 Nov 2016 (AFP) - O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 foi interrompido pela segunda vez neste domingo devido à chuva, depois de uma primeira parada após acidente do piloto finlândes Kimi Raikkonen, da Ferrari.

Na 20ª volta, após a saída da pista do carro de segurança, Raikkonen perdeu o controle do carro e bateu contra um dos muros da reta principal, obrigando a direção da prova a interromper a corrida.

Minutos depois, a prova foi reiniciada com o carro de segurança na pista, mas, depois de oito voltas, a direção resolveu mandar os carros novamente para os boxes para esperar melhores condições, provocando enorme vaia do público brasileiro.

No momento da segunda interrupção, o britânico Lewis Hamilton, que largou da pole, liderava a prova, seguido pelo companheiro de Mercedes, o alemão Nico Rosberg.

Rosberg, líder do Mundial de Pilotos com 19 pontos de vantagem sobre Hamilton, se consagrará campeã do mundo caso vença o GP do Brasil ou termine à frente de Hamilton, dependendo da posição em que o britânico atravesse a linha de chegada.

Devido à forte chuva, a largada do GP do Brasil já havia sido realizada com o carro de segurança na pista.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo