Esporte

Ron Dennis deixa presidência da McLaren depois de 35 anos

15/11/2016 17h04

Londres, 15 Nov 2016 (AFP) - Ron Dennis anunciou nesta terça-feira em um comunicado sua saída da presidência do McLaren Technology Group, que cuida da gestão da tradicional escuderia britânica, por ter sido dispensado por acionistas, depois de 35 anos à frente do grupo.

"Ron Dennis confirma que lhe foi pedido hoje para deixar suas funções de presidente e diretor geral do McLaren Technology Group (MTG)", anunciou o dirigente em um comunicado.

"Esta saída é seguida por uma decisão da maioria dos acionistas", revelou Dennis, além de salientar que a decisão foi "forçada pelos principais acionistas apesar dos avisos do resto da cúpula de direção sobre as consequências de suas ações".

De acordo com a imprensa inglesa, o relacionamento já vinha sendo desgastado e a gota d?água foi o fato de o dirigente ter apresentado na semana passada uma proposta de compra por um consórcio chinês que não agradou em nada os acionistas.

"Meu estilo de gestão é o mesmo de sempre, o que permitiu a McLaren conquistar vinte títulos mundiais de F1 (12 de pilotos e 8 de construtores) e crescer até faturar 850 milhões de libras por ano (cerca de um bilhão de dólares", argumentou Dennis.

Sob a presidência de Ron Dennis, a McLaren teve campeões lendários, como Ayton Senna, Alain Prost ou James Hunt, mas não conquista o título mundial de pilotos desde 2008, com Lewis Hamilton, perdendo competitividade diante da hegemonia da Red Bull (2010-2013) e Mercedes (2014-2016).

Hamilton foi uma grande aposta de Dennis, que foi seu mentor e investiu nele desde a infância.

A McLaren, que vem encontrando muitos problemas desde que voltou a usar motores da Honda, em 2015 ocupa apenas a sexta posição do Mundial de construtores, com 75 pontos, com o espanhol Fernando Alonso em décimo (51) e o britânico Jenson Button em 15º (21).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo