Esporte

Gabriel Jesus brilha e Brasil fecha 2016 com 100% sob comando de Tite

16/11/2016 02h31

Lima, 16 Nov 2016 (AFP) - A seleção brasileira fechou o ano em grande estilo ao derrotar o Peru fora de casa por 2 a 0, nesta terça-feira, em Lima, com grande atuação de Gabriel Jesus, autor de um gol e uma assistência, mantendo 100% de aproveitamento sob comando de Tite.

Com o resultado, o Brasil colocou um pé e meio na Rússia, disparando na liderança das eliminatórias sul-americanas, com 27 pontos, quatro de vantagem sobre o Uruguai, que mais cedo perdeu por 3 a 1 para o Chile.

Pela contas do treinador, falta apenas um ponto para garantir de vez a classificação, com ainda seis rodadas pela frente.

Gabriel Jesus abriu 12 minutos do segundo tempo, e ainda seu passe para Renato Augusto fazer o segundo, aos 34.

Com apenas 19 anos, o atacante do Palmeiras foi o artilheiro da seleção em 2016, com os mesmos cinco gols de Philippe Coutinho, um a mais que Neymar, além de somar três assistências, tudo isso em apenas seis jogos, os seis sob comando de Tite.

De quebra, a seleção igualou o recorde da celebrada geração do tri de 1970, que ganhou as seis partidas que disputou para carimbar o passaporte para o México, em julho e agosto de 1969.

No total, em 12 jogos da seleção principal neste ano, o Brasil teve 8 vitórias, 3 empates e uma derrota, justamente para o Peru (1-0), revés que resultou na eliminação na primeira fase da Copa América do Centenário, e, como consequência, na demissão de Dunga, substituído por Tite em junho.

Na próxima rodada, no dia 23 de março de 2017, o Brasil visita o vice-líder Uruguai. A 'Celeste' não poderá contar com sua maior estrela, o atacante Luis Suárez, que terá que cumprir suspensão por ter recebido o terceiro cartão amarelo nesta terça-feira, contra o Chile.

- Susto e reação -No estádio Nacional de Lima lotado com 62.000 torcedores, a seleção brasileira entrou em campo com apenas uma mudança em relação à equipe que derrotou a Argentina por 3 a 0 no Mineirão, com Filipe Luís na lateral esquerda, no lugar de Marcelo, suspenso.

Jogando de azul, o Brasil enfrentou forte pressão peruana logo de cara e por pouco não se complicou logo no primeiro minuto, em erro na saída de bola de Daniel Alves, que completou cem jogos com a camisa da seleção.

O Peru quase abriu o placar aos 7, quando Carillo tabelou com Cueva, deixando Daniel Alves vendido na jogada, e carimbou a trave de Alisson.

A resposta veio logo em seguida, aos 9, em belo contra-ataque puxado por Gabriel Jesus. A bola chegou na esquerda, para Neymar, que driblou o marcador e recuou para Paulinho, que chutou para a defesa de Gallese.

A jogada deu moral à seleção brasileira, que passou a mandar na partida, diante de um Peru assustado, com Renato Augusto e Philippe Coutinho encontrando muitos espaços na direita.

Aos 35, Paulinho voltou a aparecer como elemento surpresa, junto com Fernandinho, e por pouco não abriu o placar em cobrança de escanteio de Neymar.

- Gabriel Jesus inspirado -Como aconteceu no início do primeiro tempo, o Peru começou pressionando depois do intervalo e Guerrero quase aproveitou uma bola perdida por Filipe Luís na esquerda.

E como na primeira etapa, o Brasil não demorou a se recuperar o susto inicial, ditando seu ritmo na base do toque de bola.

O gol acabou saindo aos 13, dos pés de Gabriel Jesus, que aproveitou o rebote de um chute de Coutinho travado pela zaga peruana e mostrou frieza para chutar de primeira, no contrapé do goleiro, anotando seu quinto gol em seis jogos com a camisa da seleção.

O Peru teve grande chance de empatar aos 26, quando Loyola subiu muito alto em cobrança de escanteio e cabeceou com muito perigo, obrigando Alisson a fazer uma defesa espetacular para manter vantagem brasileira.

A resposta veio quatro minutos depois, com um lindo chute com curva de Neymar que explodiu no travessão.

O segundo gol do Brasil saiu aos 34, com mais uma participação decisiva de Gabriel Jesus. O camisa 9 recebeu na esquerda, enganou a defesa ao fintar o chute, mas acabou abrindo na direita para Renato Augusto, que não perdoou.

Vitória tranquila e passaporte para a Rússia quase carimbado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo