Esporte

CR7 faz 3 e Real humilha Atlético no último dérbi do Calderón

19/11/2016 21h06

Madri, 19 Nov 2016 (AFP) - Com três gols de Cristiano Ronaldo, o Real Madrid deu um baile no vizinho Atlético (5º) ao vencer 3 a 0 o último dérbi disputado estádio Vicente Calderón, neste sábado, pela 12ª rodada da Liga Espanhola.

Mais líder do que nunca, o time 'merengue' chegou aos trinta pontos, abrindo quatro de vantagem sobre o arquirrival Barcelona, que mais cedo não passou do empate sem gols em casa com o Málaga (11º).

CR7 tornou-se o maior artilheiro da história do clássico madrilenho, com 18 gols marcados, um a mais que duas lendas do clube, o argentino Alfredo Di Stefano e o espanhol Santiago Bernabeu, que deu seu nome ao estádio do Real.

O craque português se despediu em grande estilo de outro estádio mítico de Madri, o Vicente Calderón, que recebeu o Real pela última vez no Campeonato Espanhol, já que o Atlético mandará seus jogos em uma nova arena, La Peineta, a partir da próxima temporada.

"Foi uma vitória importante, em um campo complicado, com um rival que entra para lutar como se estivesse na guerra", comemorou o técnico 'merengue', Zinedine Zidane.

"O resultado diz tudo, o adversário foi melhor, principalmente no primeiro tempo", reconheceu por sua vez o treinador 'colchonero', o argentino Diego Simeone.

- CR7 sai vaiado, mas feliz -O Real conseguiu se impor com muita facilidade apesar de ter o elenco dizimado por lesões em todos os setores do campo.

Na zaga, Zidane voltou a apostar na jovem dupla Nacho-Varane, na ausência de Sergio Ramos e Pepe.

No meio, o francês não pôde contar com o brasileiro Casemiro e o alemão Toni Kroos, ambos lesionados, mas o croata Luka Modric voltou a ser titular, depois de passar mais de um mês fora de combate.

No ataque, Benzema, que também volta de lesão, ficou no banco, dando lugar a Lucas Vázquez, escalado ao lado dos craques Gareth Bale e Cristiano Ronaldo.

Do lado do Atlético, Simeone se equivocou escalar Fernando Torres, deixando no banco o francês Gameiro, que vinha mostrando bom entrosamento com Griezmann.

Apagado, 'El Niño' passou em branco, e teve que assistir ao 'Hat Trick' de CR7, que abriu o placar aos 23 minutos de jogo, em cobrança de falta desviada pelo zagueiro Savic, que matou o goleiro Oblak.

O mesmo Savic também esteve envolvido no segundo gol, ao cometer um pênalti duvidoso no craque português aos 26 do segundo tempo. Enquanto a torcida reclamava da arbitragem, o artilheiro converteu a cobrança e ampliou a vantagem 'merengue'.

O gol acabou com a tentativa de reação do Atlético, que voltou melhor depois do intervalo, mas não conseguiu chegar ao empate. "No segundo tempo, estávamos bem até o pênalti, que nos impediu de voltar para a partida", lamentou Simeone.

CR7 completou o 'hat Trick' saiu aos 32, em contra-ataque letal puxado por Gareth Bale.

O trio 'BBC' chegou a ser reformado por alguns minutos, com a entrada de Benzema no lugar de Isco, autor de uma grande partida, mas Zidane se deu até ao luxo de tirar CR7 aos 38, colocando em campo o colombiano James Rodríguez.

Vaiado pela torcida 'colchonera', o três vezes melhor do mundo estava só sorrisos quando saiu de campo, longe da cara de poucos amigos que costuma mostrar nas poucas vezes em que é substituído.

- Sem Messi, sem graça -Mais cedo, no Camp Nou, o Barça não pôde contar com o craque argentino Lionel Messi, que desfalcou o time de última hora por ter "apresentado um quadro de indisposição e vômitos", nem com o uruguaio Lionel Messi, suspenso.

Único representante do trio 'MSN', Neymar tentou carregar o time pelas costas, mas esbarrou no goleiro camaronês Kameni, que fez grandes defesas e segurou o empate do time andaluz, apesar do domínio total dos catalães,

Com incríveis 81% de posse de bola, o atual campeão chegou até a jogar mais de vinte minutos com um a mais em campo, com a expulsão de Diego Llorente, mas nem isso foi suficiente.

A torcida catalã reclamou bastante da arbitragem, com um pênalti não marcado no zagueiro Piqué a cinco minutos do fim.

"É claro que entramos em campo com a ideia de ganhar e tentamos de tudo, umas 10.000 vezes. Tem sido difícil enfrentar adversários que jogam fechados atrás. Criamos mais chances no segundo tempo, mas faltou um pouco de sorte", lamentou o volante Sergio Busquets.

O time andaluz já havia aprontado para cima do Barça na temporada retrasada, em fevereiro de 2015, com vitória por 1 a 0 no Camp Nou.

Mais cedo, o brasileiro Paulo Henrique foi titular do Sevilla (3º), que conseguiu uma grande vitória de virada por 3 a 2 no campo do Deportivo La Coruña (16º), em partida que chegou a perder por 2 a 0.

Com a vitória na Galícia, os comandados de Jorge Sampaoli ocupam o terceiro lugar, reduzindo para dois pontos a diferença para o Barça.

Resultados da 12ª rodada do Campeonato Espanhol

- Sexta-feira:

Betis - Las Palmas 2 - 0

- Sábado:

Deportivo La Coruña - Sevilla 2 - 3

Barcelona - Málaga 0 - 0

Eibar - Celta Vigo 1 - 0

Atlético de Madrid - Real Madrid 0 - 3

- Domingo:

(09h00) Alavés - Espanyol

(13h15) Valencia - Granada

(15h30) Sporting - Real Sociedad

(17h45) Athletic Bilbao - Villarreal

- Segunda-feira:

(17h45) Leganés - Osasuna

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. Real Madrid 30 12 9 3 0 34 10 24

2. Barcelona 26 12 8 2 2 32 13 19

3. Sevilla 24 12 7 3 2 22 17 5

4. Villarreal 22 11 6 4 1 19 7 12

5. Atlético de Madrid 21 12 6 3 3 25 11 14

6. Real Sociedad 19 11 6 1 4 18 12 6

7. Eibar 18 12 5 3 4 17 15 2

8. Athletic Bilbao 17 11 5 2 4 15 13 2

9. Celta Vigo 17 12 5 2 5 18 22 -4

10. Las Palmas 16 12 4 4 4 21 20 1

11. Málaga 16 12 4 4 4 17 16 1

12. Betis 14 12 4 2 6 13 22 -9

13. Alavés 13 11 3 4 4 11 15 -4

14. Espanyol 12 11 2 6 3 13 17 -4

15. Valencia 10 11 3 1 7 15 21 -6

16. Deportivo La Coruña 10 12 2 4 6 10 19 -9

17. Leganés 10 11 3 1 7 9 22 -13

18. Sporting 9 11 2 3 6 10 22 -12

19. Osasuna 7 11 1 4 6 12 21 -9

20. Granada 4 11 0 4 7 9 25 -16

./bds/lg

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo