Esporte

Champions: declarações do Borussia Dortmund

22/11/2016 21h06

Dortmund, Alemanha, 22 Nov 2016 (AFP) - Declarações do técnico e de dois jogadores do Borussia Dortmund, que massacrou o Legia Varsóvia por 8 a 4, na partida com o maior número de gols da história da Liga dos Campeões na sua versão moderna, desde a criação da fase de grupos, na temporada 1992-1993.

Thomas Tuchel (técnico do Borussia Dortmund): "Foi surrealista. Eu nunca havia visto algo assim. Ficou claro que temos que melhorar o aspecto defensivo, para dar mais segurança lá atrás e ter uma saída de bola mais eficiente. Fiquei com pena de Roman (o goleiro). Temos que trabalhar para corrigir os erros mais gritantes".

Marco Reus (capitão do Borussia Dortmund, autor de três gols no seu retorno depois de ficar seis meses afastado por lesão): "É um passo muito importante para mim. Trabalhei muito duro para esse momento e achei que o tempo passou muito devagar. Estou muito feliz por ter ajudado a equipe".

Roman Weidenfeller (goleiro do Borussia Dortmund, titular pela primeira vez da temporada, com a lesão do suíço Burki): "Vamos ter que rever alguns conceitos, conversar para corrigir os erros. Temos que mostrar outra cara defensivamente. Foi um belo jogo para o público, mas não deveríamos ter sofrido quatro gols".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo