Topo

Esporte

Champions: declarações do grupo H

22/11/2016 21h20

Sevilha, Espanha, 22 Nov 2016 (AFP) - Declarações de Vitolo, atacante do Sevilla, derrotado por 3 a 1 pela Juventus, em entrevista ao canal BeIn Sports:

"O árbitro (o inglês Mark Clattenburg) influenciou claramente o resultado. Quando vencíamos por 1 a 0, controlávamos o jogo sem problemas, mas em pouco tempo, ficamos com um a menos e ele marcou um pênalti que, para mim, ninguém poderia ter marcado. O momento chave foi a expulsão de Franco Vazquez. Pode até ter havido uma falta, mas deixar um time com um a menos aos 35 minutos do primeiro tempo parece exagerado. E no pênalti (que resultou no empate da Juve), camisas são puxadas o tempo todo na área então não sei porque o árbitro apitou dessa vez".

Sobre o jogo decisivo contra o Lyon: "ainda não acabou para nós, vamos ter que deixar nossa vida em campo lá na França para garantir nossa vaga nas oitavas".

Alexandre Lacazette (autor do gol da vitória do Lyon sobre o Dínamo de Zagreb): "Ganhamos o direito de ter esperança até o fim. Vamos ver se somos capazes de conquistar a vaga, mas nada é impossível. Contra o Sevilla, será uma final, mais ainda temos dois jogos de Ligue 1 pela frente até chegar lá e não podemos relaxar".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte