Topo

Esporte

Promotoria pede dois anos de prisão para Neymar por fraude na contratação

23/11/2016 10h16

Madri, 23 Nov 2016 (AFP) - A promotoria requisitou dois anos de prisão e dez milhões de euros de multa contra o atacante brasileiro Neymar, indiciado por corrupção ligada a sua transferência para o FC Barcelona, informou nesta quarta-feira uma fonte judicial.

A promotoria pede "dois anos de prisão (....) e uma multa de dez milhões", segundo a ata consultada por uma correspondente da AFP. Na Espanha, as requisições são feitas antes do reenvio ao tribunal, para que juiz encarregado do caso possa se pronunciar sem demora.

str-mck/jcp/mr

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte