Esporte

Chape segura time do Papa e chega à final da Copa Sul-Americana

24/11/2016 00h09

Chapecó, Brasil, 24 Nov 2016 (AFP) - A Chapecoense fez história nesta quarta-feira (23) ao se classificar para a grande final da Copa Sul-Americana, com empate sem gols em casa diante do tradicional San Lorenzo, depois do 1 a 1 da partida de ida, na Argentina.

Diante de sua torcida, que fez uma linda festa na Arena Condá, o time catarinense ignorou o peso da camisa do clube de coração do Papa Francisco e jogou como time grande, com muita garra e personalidade.

O Verdão do Oeste, que há dez anos ainda jogava na Série D do Brasileirão, já tinha eliminado outro gigante argentino nas oitavas de final, o Independiente, recordista de títulos na Libertadores (7), antes de passar pelo Junior Barranquilla nas quartas.

Herói da disputa de pênaltis épica contra o Independiente, o goleiro voltou a ser protagonista, com uma defesa milagrosa no último minuto de jogo.

O time catarinense disputará o título com o vencedor do confronto entre o Cerro Porteño, do Paraguai, e o Atlético Nacional, da Colômbia, que se enfrentam nesta quinta-feira, em Medellín.

A equipe colombiana, que busca a "dobradinha" depois de conquistar a Copa Libertadores, leva vantagem por ter empatado em 1 a 1 no primeiro jogo, em Assunção.

- Gol anulado -Mesmo podendo se classificar com o empate sem gols, a Chape assumiu logo as rédeas da partida.

Apesar de mostrar certo nervosismo nos primeiros minutos, o time catarinense conseguia manter a bola longe da sua área, com bom toque de bola e marcação para dificultar a saída argentina.

Já em polvorosa, a torcida foi à loucura aos sete minutos de jogo, quando Tiaguinho aplicou um lençol espetacular para se livrar de dois marcadores.

O San Lorenzo mostrou, porém, que o peso da sua camisa precisa ser levado a sério ao apresentar perigo no primeiro erro cometido pela Chape. Aos 19, o time perdeu a bola no meio, e Mas exigiu boa defesa de Danilo no contra-ataque.

Passado o susto, a torcida soltou o grito de gol, aos 25, mas foi frustrada poucos segundos depois, quando o juiz marcou impedimento de Thiago, que escorou para as redes em cobrança de falta.

Depois da bola parada, a Chape tentou a sorte com o chute de longa distância, aos 31, com Ananias soltando uma bomba que quase surpreendeu o goleiro Torrico.

- Danilo salva com o pé -O San Lorenzo voltou de forma mais contundente depois do intervalo, com o técnico Diego Aguirre colocando o atacante Nico Blandi no lugar do meia Corujo.

Blandi mostrou logo a que veio aos 5 minutos do segundo tempo, quando viu Danilo adiantado e arriscou quase do meio do campo, obrigando o goleiro a se esticar todo para espalmar.

Os visitantes voltaram a ameaçar aos 18, com Mas cabeceando na trave após Danilo errar a saída em cruzamento de Mussis.

Caio Júnior resolveu mexer no time aos 23, tirando Tiaguinho para a entrada de Lucas Gomes, que por muito pouco não abriu o placar dois minutos depois, com um chutaço que Torrico defendeu.

O lance acordou a torcida, que vinha assustada com o sufoco passado pela Chape no início do segundo tempo.

O jogo começou a ficar cada vez mais tenso com o passar do tempo, e Caio Júnior não parava de levantar os braços na beira do gramado para pedir o apoio do público.

Blandi quase acabou com o sonho nos acréscimos, mas Danilo fez defesa milagrosa com o pé, mandando o time do Papa para casa e mantendo vivo o sonho de glória do Verdão do Oeste.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo