Esporte

Nico Rosberg chega em 2º e é campeão do mundo de F1

27/11/2016 14h36

Abu Dhabi, 27 Nov 2016 (AFP) - O Alemão Nico Rosberg se tornou campeão do mundo de Fórmula 1 ao terminar em segundo lugar o Grande Prêmio de Abu Dhabi, neste domingo, atrás do companheiro de Mercedes, o britânico Lewis Hamilton.

"Foi uma corrida péssima", declarou o alemão durante a coletiva de imprensa após a prova, claramente esgotado pelas exigências físicas de uma prova tensa, muito por culpa de Hamilton, que propositalmente andou mais lento para permitir que Sebastian Vettel (Ferrari) e Max Verstappen (Red Bull) se aproximassem de Rosberg.

Se Hamilton tivesse vencido a prova e Rosberg terminado em 4º, o britânico conquistaria o tricampeonato mundial.

"Estávamos disputando um título mundial, a Mercedes já era campeã de construtores, eu estava na liderança, então fiz o que queria e eu ditava o ritmo", justificou Hamilton, ao ser questionado sobre a estratégia adotada.

"Não quero falar sobre isso. Acabo de realizar meu sonho de infância e vou festejar. Vocês não vão me ver por alguns dias", brincou Rosberg.

Aos 31 anos, o alemão segue assim os passos do pai Keke, campeão em 1982. É a segunda vez que pai e filho conquistam a o título da Fórmula 1. Os primeiros foram os britânicos Graham e Damon Hill.

O alemão sucede assim Hamilton, campeão do mundo em 2014 e 2015, seu amigo de infância, desde a época em que corriam no kart, e contra o qual disputou o título até cruzar a linha de chegada pela última vez na temporada, neste domingo.

O brasileiro Felipe Massa, da Williams, disputou a última corrida da carreira antes de se aposentar e chegou na 9ª colocação.

O outro brasileiro, Felipe Nasr, que não renovará contrato com a Sauber e pode ficar de fora da F1 na próxima temporada, cruzou a linha de chegada na 16ª posição.

- "Foi muito tenso" -"Nunca senti isso dentro de um carro de corrida. Foi muito tenso, ele (Verstappen) não me deu um centímetro, mas deu tudo certo", explicou Rosberg sobre o momento crucial da prova, quando ultrapasso o jovem holandês, na 20ª volta, sob ordens de seu engenheiro: "Você precisa ultrapassar, é crucial", havia dito Tony Ross pelo rádio.

Em seguida, Rosberg se viu preso atrás do líder Hamilton, que ignorava as ordens do diretor da Mercedes, Paddy Lowe: "Você precisa acelerar Lewis, é uma ordem".

O ritmo mais lento de Hamilton permitiu a Vettel (3º), Verstappen (4º) e Daniel Ricciardo (5º) chegaram a menos de um segundo de Rosberg.

Vettel, porém, não conseguiu atacar Rosberg. "Meus pneus estavam muito gastos", explicou o piloto da Ferrari, que se contentou com um lugar no pódio.

Rosberg chegou a Abu Dhabi com 12 pontos de vantagem sobre Hamilton e precisava subir no pódio em caso de vitória do britânico para conquistar o título mundial. Foi exatamente o que ele fez. Com isso, se tornou campeão do mundo com apenas 5 pontos a mais que o companheiro de Mercedes.

"É como se eu tivesse lutado durante toda a minha carreira contra Lewis, e ele geralmente ganhou. Ele é a referência máxima da F1 e eu conseguiu derrotá-lo, então é muito satisfatório. Não sei onde está meu pai, espero que tenha sobrevivido a esta corrida", concluiu o novo campeão do mundo.

- Resultado do GP de Abu Dhabi:

1. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)

percorreu os 305,355 km em 1h38:04.013

(velocidade média: 186,825 km/h)

2. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) a 0.439

3. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) 0.843

4. Max Verstappen (HOL/Red Bull-TAG Heuer) 1.685

5. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-TAG Heuer) 5.315

6. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) 18.816

7. Nico Hülkenberg (ALE/Force India-Mercedes) 50.114

8. Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes) 58.776

9. Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes) 59.436

10. Fernando Alonso (ESP/McLaren-Honda) 59.896

11. Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari) 1:16.777

12. Esteban Gutiérrez (MEX/Haas-Ferrari) 1:35.113

13. Estéban Ocon (FRA/Manor-Mercedes) a 1 volta

14. Pascal Wehrlein (ALE/Manor-Mercedes) a 1 volta

15. Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari) a 1 volta

16. Felipe Nasr (BRA/Sauber-Ferrari) a 1 volta

17. Jolyon Palmer (GBR/Renault) a 1 volta

- Classificação final do Mundial de pilotos:

1. Nico Rosberg (ALE) 385 pontos

2. Lewis Hamilton (GBR) 380

3. Daniel Ricciardo (AUS) 256

4. Sebastian Vettel (ALE) 212

5. Max Verstappen (HOL) 204

6. Kimi Raikkonen (FIN) 186

7. Sergio Pérez (MEX) 101

8. Valtteri Bottas (FIN) 85

9. Nico Hülkenberg (ALE) 72

10. Fernando Alonso (ESP) 54

11. Felipe Massa (BRA) 53

12. Carlos Sainz Jr (ESP) 46

13. Romain Grosjean (FRA) 29

14. Daniil Kvyat (RUS) 25

15. Jenson Button (GBR) 21

16. Kevin Magnussen (DIN) 7

17. Felipe Nasr (BRA) 2

18. Jolyon Palmer (GBR) 1

19. Pascal Wehrlein (ALE) 1

20. Stoffel Vandoorne (BEL) 1

21. Esteban Gutiérrez (MEX) 0

22. Marcus Ericsson (SUE) 0

23. Estéban Ocon (FRA) 0

24. Rio Haryanto (INA) 0.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo