Esporte

E Chapecó canta à sua dor infinita

01/12/2016 02h21

Chapecó, Brasil, 1 dez 2016 (AFP) - Depois de dois dias na escuridão, Chapecó se uniu nesta quarta-feira (30), com tambores, bandeiras e cantos em memória a um time que já não está presente, mas que nunca será esquecido na Arena Condá.

Um estádio lotado com jovens cantando os hinos de seus guerreiros, inundado de verde e branco.

"A equipe era nossa cidade, nossa alegria do fim de semana, era algo inexplicável para nós. Acredito que, de alguma maneira, a partida da semana passada foi uma despedida", afirmou emocionado Ghetly Ranzan, um funcionário de 37 anos que ainda se recorda do primeiro encontro do Chapecoense, ao qual assistiu, em 1985.

No campo, três pastores iniciaram suas orações frente a um altar onde brilhava a taça do Campeonato Catarinense, a vitória com a qual o "Furacão do Oeste" começou um ano que seria seu.

Na primeira fila da cerimônia, famílias devastadas ouviam as orações, enquanto milhares de celulares iluminavam o céu.

"Não conseguia dormir naquele dia, porque estava muito nervosa, não sabia o que estava acontecendo comigo. Quando eu soube, parecia mentira. Não consigo acreditar que morreram, ainda não caiu a ficha", disse à AFP Marta Sonia Morais, uma dona de casa, de 54, que ao lado do marido, um fã apaixonado da equipe, não se perdia uma partida.

As crianças das categorias de base deram a volta no estádio sob aplausos. Alguns choravam, enquanto corriam com seus uniformes verdes, saltando e acenando orgulhosos para a multidão.

No telão, desfilaram o time escalado, os diretores e funcionários que ajudaram a reconstruir o clube e os jornalistas, as vítimas dessa tragédia, recebidas aos gritos de "campeões, campeões!" na Arena Condá.

Entre os cartazes de homenagem expostos em uma das entradas do estádio, um se destacava: "não é e nunca será apenas futebol. Juntos somos mais do que 11".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo