Esporte

Corpo de tripulante morto em acidente de avião da Chapecoense chega a Assunção

02/12/2016 14h05

Asunción, 2 dez 2016 (AFP) - O corpo do tripulante paraguaio Gustavo Encina, morto no acidente de avião da companhia Lamia que caiu perto de Medellín, na Colômbia, foi entregue nesta sexta-feira a seus familiares em Assunção. O enterro está programado para o sábado de manhã.

O corpo de Encina, contratado para acompanhar o voo que terminou em tragédia, chegou nas primeiras horas desta manhã em um avião de carga da companhia aérea colombiana Avianca.

O caixão, envolto na bandeira do Paraguai, foi recebido em meio a tristeza de seus familiares e inúmeros funcionários da Direção Nacional de Aviação Civil (Dinac), onde trabalhou durante vários anos.

O avião caiu na noite de segunda-feira próximo a Medellín e provocou a morte de 71 pessoas, a maioria jogadores e diretores da Chapecoense.

Seis pessoas sobreviveram, entre eles três jogadores, dois tripulantes e um jornalista.

A Chapecoense viajava para a Colômbia para disputar a partida de ida da final da Copa Sul-Americana.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo