Topo

Esporte

Árbitro é agredido por não marcar pênalti na Argentina

05/12/2016 20h53

Buenos Aires, 5 dez 2016 (AFP) - Um árbitro de futebol foi atacado com ferocidade por jogadores e torcedores de um clube de quarta divisão argentina depois de deixar de apitar um pênalti em lance que resultou em gol do time adversário.

"Apanhei muito", relatou à Rádio Provincia o juiz Claudio Elichiri, desfigurado por golpes no rosto e com quatro pontos embaixo do olho esquerdo.

O incidente ocorreu no últimos domingo, em partida entre Sarmiento de Ayacucho e Sansinena, que foi interrompida aos 36 minutos do segundo tempo, quando os visitantes venciam por 2 a 1.

"Primeiro, os jogadores do Sarmiento começaram a bater em mim e depois chegaram vários dirigentes exaltados. Havia muita gente e pouco policiamento ali dentro. A polícia ajudou como pôde", relatou.

Elichiri recebeu vários chutes no corpo, inclusive quando estava caído no chão.

"É preciso haver uma punição dura para que isso acabe uma vez por todas", completou o árbitro.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte