Esporte

Real é favorito no Mundial de Clubes; Atlético Nacional e América querem surpreender

07/12/2016 15h01

Paris, 7 dez 2016 (AFP) - O Real Madrid buscará a consagração no Mundial de Clube da Fifa, no Japão, entre 8 e 18 de dezembro, com permissão dos rivais, principalmente Atlético Nacional, da Colômbia, e América, do México.

Após conquistar sua 11ª Copa europeia em maio, vencendo na final o rival Atlético de Madri, o clube 'merengue' ambiciona seguir colecionando troféus, com um título mundial de clube que só venceu uma vez, em 2014 no Marrocos, apesar de ter conquistar três Copas Intercontinentais (versão anterior do atual torneio).

"Nos parece uma grande satisfação conseguir os três títulos internacionais que há: a 'Champions', a Supercopa da Europa e o Mundial de Clubes. Estes são os torneios que conquistamos em 2014 e vamos trabalhar no Mundial de Clubes para fazer isso de novo" este ano, declarou o presidente do Real, Florentino Pérez, em recente entrevista à AFP.

O título no Japão significaria também a consagração definitiva de Zidane como técnico. O francês, herói dentro de campo ao dar ao Real Madrid sua 9ª taça orelhuda com um gol espetacular, assumiu o comando da equipe há menos de um ano, sem experiência como técnico na elite do futebol, e alcançou o impossível: brigar até o fim do Campeonato Espanhol pelo título com o Barça e, principalmente, conquistar a Champions.

- 33 jogos sem perder -Com Zidane, o Real Madrid defende sequência de 33 jogos sem perder e, apesar do desfalque de grandes estrelas, como o galês Gareth Bale e do alemão Toni Kroos, o campeão europeu se apresenta como grande favorito ao título, chegando ao Japão com o líder da Liga Espanhola e classificado às oitavas da Champions.

No papel, as duas maiores ameaças ao Real no Mundial de Clubes são o América, campeão da Concacaf, e o Atlético Nacional, campeão da Copa Libertadores, favorito a enfrentar o gigante espanhol na final do torneio, em 18 de dezembro em Yokohama.

Será preciso ver, porém, o estado mental da equipe colombiana, muito abalada pelo trágico acidente de avião que dizimou a Chapecoense, que viajava a Medelín para disputar a final da Copa Sul-Americana.

- Homenagem à Chapecoense -O acidente de avião privou os colombianos de uma possível histórica 'dobradinha' continental, mas, principalmente, pode ter minado a moral dos jogadores, apesar do Atlético só estrear na competição nas semifinais, em 14 de dezembro.

Já o América chegará ao Mundial com a moral nas nuvens, depois de ter se classificado à final da Liga mexicana no último fim de semana.

Seu grande objetivo será acabar com o malefício neste torneio das equipes mexicanas, que nunca chegaram à final do Mundial.

Não será fácil, já que a estreia é em 11 de dezembro contra o atual campeão asiático, o sul-coreano Jeonbuk Hyundai. Em caso do vitória, os mexicanos terão pela frente nas semifinais o Real Madrid.

"No futebol, as coisas se igualam dentro de campo e as cifras não jogam as partidas. É verdade que o Real Madrid é uma equipe de grande hierarquia. Ter um adversário deste tamanho pela frente pode fazer com que joguemos a partida de nossas vidas, então por que não sonhar em vencer o Real Madrid?", declarou à AFP Daniel Alberto Brailovsky, ex-jogador das 'Águias' e hoje comentarista esportivo.

O adversário do Atlético Nacional na primeira semifinal sairá do confronto de quartas entre o surpreendente campeão africano, o Mamelodi Sundowns (primeira equipe sul-africana a ganhar a competição continental), e um adversário que sairá do duelo da primeira fase entre Auckland City e Kashima Antlers, que abrem os trabalhos nesta quinta-feira.

A equipe neo-zelandesa, comandada pelo espanhol Ramón Tribulietx, já surpreendeu o mundo há dois anos ao terminar na terceira colocação do Mundial de Clubes, enquanto o Kashima, ex-time de Zico, chega eufórico com a conquista da J-League, conquistado no último fim de semana.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo