Topo

Esporte

Polícia registra mais de 100 casos de abusos sexuais em clubes de Londres

13/12/2016 21h27

Londres, 13 dez 2016 (AFP) - Centenas de acusações de abusos sexuais ligados a 30 clubes de Londres, quatro deles da Premier League, foram registradas desde o anúncio, na quinta-feira, da abertura de uma investigação após o escândalo de pedofilia que agita o futebol britânico, anunciou a polícia de Londres nesta terça-feira.

"A Polícia Metropolitana de Londres leva a sério todas as acusações, e oficiais especializados estudarão os casos", afirmou Ivan Balhatchet, responsável de uma unidade de proteção de menores de idade.

A polícia "não comentará as evoluções da investigação e não dará os nomes dos clubes envolvidos ou o número de acusações que pesam sobre cada um", acrescentou.

Entretanto, os oficiais esclareceram que, entre eles, estavam quatro clubes da Premier League e dois da segunda divisão.

A polícia não informou se o Chelsea seria um deles, apesar de ter sido acusado por vários de seus ex-jogadores.

Um antigo funcionário chamado Andy Woodward, hoje com 43 anos, que jogou no Sheffiel United, abriu o caminho para muitas outras vítimas ao contar, em novembro, os abusos que sofreu de Barry Bennell, um ex-técnico das categorias de base do Manchester City, Crewe Alexandra e do Stoke City.

Desde então, mais de 20 jogadores falaram que foram agredidos sexualmente por treinadores ou olheiros quando eram mais novos.

A Federação Inglesa e os clubes são acusados de encobrir atos de pedofilia durante décadas.

Como resposta, várias investigações foram abertas pela Scotland Yard (a polícia inglesa) em vários pontos do país.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte