Topo

Esporte

"Não tenho dúvidas de que faço parte da história do futebol", diz CR7

10/01/2017 15h55

Zurique, Suíça, 10 Jan 2017 (AFP) - O astro português Cristiano Ronaldo concedeu nesta segunda-feira uma entrevista à Fifa, na qual afirma ter entrado "para a história do futebol", após conquistar o prêmio 'The Best' de melhor jogador do mundo em 2016.

"Eu não tenho dúvidas de que faço parte da história do futebol. Esse era meu maior objetivo, desde que comecei a jogar futebol: não ser somente um jogador, mas sim uma estrela, e tentar sempre ser o melhor. Eu consegui isso, os títulos falam por si só, tanto coletiva como individualmente, os recordes também", afirmou o atacante do Real Madrid.

CR7 venceu a primeira edição do prêmio 'The Best', organizado pela Fifa, após a entidade ter finalizado a colaboração com a revista francesa France Football para entregar a Bola de Ouro.

O português superou na eleição o argentino Lionel Messi e o francês Antoine Griezmann.

"Já falei algumas vezes que possivelmente foi o melhor ano da minha carreira. É evidente que o título com a seleção (de Portugal) ajudou muito, já que foi a primeira vez na história que Portugal ganhou o troféu (da Eurocopa). Isso faz com que o ano fosse especial. E também com o Real Madrid, com os títulos da Liga dos Campeões e do Mundial de Clubes, para terminar o ano da melhor maneira. Quer dizer, foi um ano espetacular, sem dúvida o melhor que tive desde que comecei a jogar futebol", completou o jogador.

Perguntado sobre a possibilidade de se tornar técnico ao fim da carreira de jogador, Cristiano Ronaldo não se mostrou convencido, apesar de ter ficado muito ativo à beira do campo na final da Eurocopa, depois de ser substituído ainda no primeiro tempo devido à lesão no joelho.

"Nunca se sabe. Não sei o que acontecerá no futuro, mas neste momento não me vejo sendo treinador", concluiu o melhor jogador do mundo.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte