Esporte

"Se não fosse pelo dinheiro, não teria saído do Brasil", diz Oscar

REUTERS/Aly Song
Meia admite que dinheiro pesou na decisão de trocar o Chelsea pelo Shanghai SIPG Imagem: REUTERS/Aly Song

Da AFP, em Doha (Qatar)

11/01/2017 17h21

O meia brasileiro Oscar insistiu, nesta quarta-feira, que sair da Premier League para jogar na China não é um passo atrás na sua carreira, e admitiu que o alto valor pago pelo Shanghai SIGP foi decisivo para a decisão.

O clube asiático pagou 60 milhões de euros para contratar Oscar, que garantiu que a ambiciosa liga chinesa tem tudo para competir com os grandes campeonatos do mundo.

"Não acho que seja um passo para trás. Acho que a China está fazendo um grande projeto e estou convencido de que a liga chinesa vai ser uma das melhores do mundo", declarou o jogador.

Oscar chegou à Superliga Chinesa poucos dias depois do anúncio da contratação da estrela do futebol sul-americano Carlos Tevez, que deixou o Boca Juniors para jogar no Shanghai Shenhua recebendo 76 milhões de euros em dois anos. Com esse valor, Tevez se tornou o jogador mais bem pago do mundo.

O meia brasileiro admitiu que o valor da transação foi decisivo para tomar a decisão. "Isso passa na cabeça de todos os jogadores. Se não fosse pelo dinheiro, não teria saído do Brasil", garantiu. O atleta vai receber 24 milhões de euros por ano.

"Quando você vai para a Europa, é pelo dinheiro e pelos bons clubes. O projeto do Shanghai é um dos melhores da liga", acrescentou.

"Com certeza era algo bom para mim, para minha família e para que esteve envolvido na negociação". Oscar falou que "aceitou a oferta imediatamente, porque era um bom acordo para todos".

O jogador não acha que jogar na China pode afetar novas convocações para a seleção brasileira e argumentou que Paulinho joga no país e segue sendo chamado para defender a amarelinha.

Quer receber notícias do seu time de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo