Esporte

Com 44 anos, goleiro do Egito quebra recorde na Copa Africana de Nações

Justin Tallis/AFP Photo
Essam El Hadary (foto) se disse orgulhoso por ser capitão do Egito na CAN 2017 Imagem: Justin Tallis/AFP Photo

Da AFP, em Port-Gentil (Gabão)

17/01/2017 18h07

O goleiro egípcio Essam El Hadary, de 44 anos, tornou-se o jogador mais velho a participar da Copa Africana de Nações 2017, quebrando o recorde do compatriota Hossam Hassan, que jogou a edição de 2006 com 39 anos, cinco meses e 24 dias.

O goleiro começou no banco de reservas na partida contra Mali, mas teve de entrar em campo aos 28 minutos, depois da lesão do titular Ahmed El Shenawy.

El Hadary participou dos títulos de 1998, 2006, 2008 e 2010. O Egito é o país com o maior número de vitórias em competições continentais com sete canecos, seguido de Gana e Camarões, com quatro troféus cada.

"Ganhei a Copa quatro vezes, mas desta vez sou o capitão e estou muito orgulhoso disso", falou o goleiro.

Ele também espera jogar a Copa do Mundo da Rússia, em 2018. Se for convocado, terá 45 anos e pode quebrar o recorde do colombiano Farid Mondragón, que disputou a Copa do Brasil, em 2014, com 43 anos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo