Esporte

O dia no Aberto da Austrália

17/01/2017 11h24

Melbourne, 17 Jan 2017 (AFP) - Da heróica vitória de Ivo Karlovic ao alívio sentido por Rafael Nadal, estes são os destaques do segundo dia de competição do Aberto da Austrália:

ALÍVIORafael Nadal apagou a dolorosa lembrança de sua eliminação na primeira rodada do Aberto da Austrália do ano passado, quando foi derrotado pelo compatriota Fernando Verdasco. Havia sido apenas a segunda vez em sua carreira que o espanhol perdia logo na estreia de um Grand Slam. Recuperado das lesões que assolaram sua temporada de 2016, Nadal fez ótimo jogo diante do alemão Florian Mayer (6-3, 6-4, 6-4). "Fico feliz por ter a oportunidade de ser entrevistado por você, porque no ano passado isso não foi possível", brincou Nadal com Jim Courrier, ex-campeão do tênis e responsável pelas entrevistas pós-jogo em Melbourne.

RECORDESO gigante croata Ivo Karlovic, 37 anos, quebrou dois recordes do Aberto da Austrália: o de maior números de games disputados (84), na vitória em cinco sets sobre o argentino Horacio Zeballos, com direito a 22-20 na última parcial, e o de número de aces (75). A partida durou 5 horas e 15 minutos, menor do que a final de 2012 entre Djokovic e Nadal (5h53).

OS NÚMEROS0: oportunidades de break oferecidos pelo búlgaro Grigor Dimitrov, 15º do mundo, que mostrou um tênis convincente na vitória sobre o australiano Christopher O'Connell.

9: Match-points salvos pela tcheca Lucie Safarova na vitória sobre a belga Yanina Wickmayer.

211: Tamanho, me centímetros, do jovem americano de 19 anos Reilly Opelka, que o belga David Goffin, 11º do mundo, teve muita dificuldade para eliminar em cinco sets.

AS FRASES"Para mim, foi um inferno", declarou a francesa Caroline Garcia, que sofreu muito com o calor australiano na vitória sobre o ucraniano Kateryna Bondarenko.

"Recomeçar logo em um Grand Slam não é muito inteligente, mas como não acontecerá novamente, não me arrependendo", disse o alemão Tommy Haas, de 38 anos e que tentava uma última volta ao circuito antes de se aposentar de vez, mas se viu obrigado a abandonar a partida contra o francês Benoit Paire.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo