Esporte

Ídolo do futebol egípcio entra em lista de "terroristas" do país

AP Photo/Shuji Kajiyama
Imagem: AP Photo/Shuji Kajiyama

18/01/2017 01h05

Um tribunal do Cairo incluiu o ex-craque do futebol egípcio Mohamed Abutrika na lista de organizações e pessoas consideradas "terroristas" pelas autoridades, informou neste sábado seu advogado, Mohamed Osman.

Abutrika, jogador de destaque na seleção nacional e considerado um dos melhores atletas africanos de sua geração, ficou conhecido atuando na equipe do Al-Ahly, e pendurou as chuteiras em 2013.

O governo afirma que Al-Ahly financiou a Irmandade Muçulmana, oficialmente declarada "organização terrorista" em 2013.

Conforme a lei antiterrorista adotada em 2015 pelo regime do presidente Abdel Fatah Al Sisi, as pessoas classificadas como "terroristas" não podem abandonar o país, têm o passaporte retirado e seus bens são confiscados.

Na campanha presidencial de 2012, Abutrika apoiou publicamente a candidatura vitoriosa de Mohamed Mursi, ligado à Irmandade Muçulmana. O presidente foi destituído um ano mais tarde.

Osman denunciou que a decisão do tribunal "contraria a lei" porque o ex-jogador "não é objeto de qualquer processo ou condenação".

O advogado declarou que vai apelar da decisão.

Quer receber notícias do seu time de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.


 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo