Esporte

FA abre processo para investigar expulsão de Arsene Wenger

23/01/2017 18h39

Londres, 23 Jan 2017 (AFP) - O francês Arsene Wenger se explicou, nesta segunda-feira, sobre o incidente de domingo no jogo do Arsenal contra o Burnley, no qual o treinador empurrou o quarto árbitro e foi expulso.

A Federação Inglesa(FA) abriu processo para punir o técnico dos Gunners. Wenger enfrentou o quarto árbitro depois da expulsão de Granit Xhaka, que resultou no gol de empate do Burnley.

Depois do jogo, o técnico reconheceu o erro: "Eu me arrependo, deveria ter ficado calado".

A FA anunciou na tarde desta segunda-feira que vai abrir um processo contra Wenger "por conduta inapropriada".

"É acusado de insultar o quarto árbitro, próximo aos 47 minutos do segundo tempo", precisou a federação.

"Depois da expulsão, o técnico permaneceu no túnel para o vestiário e teve contato físico com o quarto árbitro, o que resulta numa conduta inapropriada", acrescentou o texto.

Wenger protestou depois do juiz apitar um pênalti contra os Gunners, aos 47 do segundo tempo, que resultou no empate. O chileno Alexis Sánchez conseguiu reverter a situação aos 52 minutos da segunda etapa.

O Arsenal é o vice líder da Premier League, a oito pontos do Chelsea.

smg-pst/psr/mcd/fa/mvv

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo