Esporte

Carlos Bianchi torce para PSG, mas prevê equilíbrio contra Monaco

28/01/2017 18h22

Buenos Aires, 28 Jan 2017 (AFP) - Carlos Bianchi, o treinador mais vitorioso da história do futebol sul-americano, confessou ser "argentino e francês" e espera um confronto equilibrado entra PSG e Monaco.

Bianchi jogou na França entre 1973 e 1980 e deu uma entrevista à AFP sobre as suas impressões sobre o futebol europeu atual. O treinador venceu quatro Libertadores e três Mundiais de Clubes.

Pergunta: O que você pensa do futebol europeu atual?

Resposta: "Hoje, na Europa, tudo depende muito da economia. Dependendo do dinheiro que tenha, cada time pode jogar melhor ou pior, o que não é a imagem do país, necessariamente. A Inglaterra, que tem os clubes mais poderosos, não figura entre as 10 melhores seleções do planeta".

P: Como é o Campeonato Francês?

R: A Ligue 1 é muito física e rápida, muito por conta da quantidade de africanos na competição. É um torneio difícil, mas sofre do mesmo problema dos campeonatos sul-americanos: os melhores jogadores saem do país para evoluir financeiramente em outros campeonatos.

P: Acompanhou o PSG?

R: "O PSG vem de uma mudança técnica e todo time que muda precisa de uns meses para se adaptar a uma nova ideia. Acho que está passando por isso".

P: Como vai ser o jogo contra o Monaco, no domingo?

R: "O PSG tem hoje o melhor plantel da França, com ambições de Champions League e um orçamento de mais de 500 milhões de euros. Ainda assim, acho que o jogo vai ser equilibrado, com resultado incerto. Mas eu quero que o PSG vença".

P: Você assiste a muitos jogos?

R: "Vejo muitas partidas, não só de futebol. Cuidado, em todos os campeonatos tem jogos que são chatos, e isso me custa mais..."

P: Qual a relação com a França hoje?

R: "Minha relação é eterna e permanente. Sou argentino-francês e sempre estarei agradecido a esse país que eu gosto muito. Tenho muitas amizades por lá".

P: Gosta de algum dos treinadores atuais?

R: "Nenhum em particular, porque por ter estado muitos anos dentro do meio todos sabemos que dependemos 70 a 80% dos jogadores e depois do dinheiro para contratar atletas. Hoje existem técnicos que tiveram muito sucesso, mas que estão tendo problemas mesmo com uma equipe muito valorizada. Isso é um aprendizado. Milagres como o Leicester existem a cada mil anos".

P: Quem são os favoritos para vencer a Champions League?

R: "PSG, Barcelona, Arsenal e Bayern de Munique"

P: E sobre Messi?

R: "É o maior jogador da história. Simples assim".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo