Esporte

Suspenso por 4 meses, meia do Leverkusen culpa pai por quebra de contrato

Xinhua
Imagem: Xinhua

Da AFP, em Berlim

03/02/2017 13h37

O turco Hakan Çalhanoglu explicou, nesta sexta-feira, que um erro de seu pai provocou a quebra de contrato com o Trabzonspor, o que custou a suspensão por 4 meses e a multa de 100.000 euros para o atacante.

"Na nossa cultura o pai é quem decide. Eu tinha 17 anos e não me dava conta das coisas", explicou Çalhanoglu ao jornal Express.

"Eu soube por acidente... Um amigo me disse que meu pai tinha encontrado um representando do Trabzonspor em um restaurante em Darmstadt. Meu pai voltou pra casa e me disse, 'Hakan, você precisa assinar esse contrato'", acrescentou.

"Meu pai sabe que errou e está triste. É meu pai e vai continuar sendo, mas não vai mais cuidar da minha carreira", falou Hakan, que não vai poder mais participar desta temporada. Dessa maneira, o atacante não vai participar da Bundesliga nem da Liga dos Campeões, contra o Atlético de Madrid.

Em 2001, o jogador assinou um pré-contrato com o Trabzonspor, mas acabou sendo transferindo ao Karlsruher. Depois de dois anos no clube, foi para o Hamburgo e em 2014 foi contratado pelo Bayer Leverkusen.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo