Esporte

Justiça pede prisão de Lucas Hernández e namorada por violência doméstica

06/02/2017 20h22

Madri, 6 Fev 2017 (AFP) - A Justiça espanhola pediu a prisão do zagueiro francês Lucas Hernández por sete meses, nesta segunda-feira, e a de sua namorada por seis meses por suposta violência doméstica.

Se forem condenados, os dois não vão para a prisão, porque na Espanha as penas iguais ou menores a dois anos não são executadas àqueles sem antecedentes criminais.

Os dois acusados prestaram depoimento sobre o incidente, que aconteceu na sexta-feira (3) pela manhã. O jogador foi detido por algumas horas e a mulher foi ao hospital para tratar ferimentos superficiais.

As autoridades comunicaram que os dois combinaram não prestar queixa, mas a Justiça considerou o caso grave e decidiu continuar as investigações.

"A Justiça acusa o zagueiro do Atlético de Madri de cometer um possível caso de violência conjugal e a sua namorada de cometer suposto crime de violência doméstica e outro de lesão corporal", explicou o Tribunal Superior de Justiça em um comunicado.

Ambos foram proibidos de ficar a menos de 500 metros um do outro.

Apesar do incidente, o jogador estreou no fim de semana e foi chamado para o jogo de volta das semifinais da Copa do Rei contra o Barcelona.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo