Esporte

Bayern de Munique e Arsenal se enfrentam com técnicos pressionados

14/02/2017 14h00

Munique, Alemanha, 14 Fev 2017 (AFP) - O Arsenal vai visitar o Bayern de Munique, nesta quarta-feira, pelo jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, com as equipes jogando futebol aquém do desempenho esperado.

Mesmo liderando o Campeonato Alemão, o Bayern venceu as últimas partidas com muita dificuldade e com resultados apertados. As performances dos bávaros levantam dúvidas sobre as chances dos alemães voltarem a levantar a taça mais importante da Europa.

Os comandados do italiano Carlo Ancelotti se classificaram em segundo lugar do grupo D, liderado pelo Atlético de Madrid. O time perdeu para o lanterna russo Rostov por 3 a 2.

Ancelotti chegou à equipe depois da saída do espanhol Pep Guardiola, que caiu três vezes seguidas nas semifinais da Champions. O italiano foi campeão em 2014 com o Real Madrid e vai tentar reconduzir Bayern ao título. Os alemães venceram pela última vez na temporada 2012/12, contra os conterrâneos Borussia Dortmund.

- Ancelotti e Wenger pressionados -Ancelotti vem sendo criticado por não conseguir sacar o melhor desempenho da equipe, estrelada por nomes como o holandês Arjen Robben, Thomas Muller e o polonês Robert Lewandowski.

Do outro lado, o Arsenal ocupa a quarta colocação da Premier League, a dez pontos do líder Chelsea. Os Blues não disputam nenhum torneio europeu nesta temporada e estão cada dia mais perto do título inglês.

O francês Arsène Wenger também está na corda bamba. Pressionado pelos maus resultados, o treinador dos Gunners está na mira dos torcedores e nomes de outros técnicos já são especulados para substituir o francês no fim da temporada.

O ex-jogador do Arsenal, Ian Wright, garantiu que Wenger está em seus últimos meses no banco de reservas do Emirates Stadium. Ian se reuniu com o treinador, que teria revelado que o ciclo na equipe inglesa tinha chegado ao fim: "Parece cansado e sem vontade", afirmou Wright, que foi desmentido pelo francês logo depois da afirmação.

Enquanto isso, os torcedores do time londrino demonstram cansaço e pedem a saída de Wenger para dar novos ares para a equipe. O francês está a frente da equipe desde 1996.

"Não acho que Wenger esteja preparado para mudar a tática. O que vi na derrota para o Chelsea, por 3 a 1, é mais um problema de mentalidade", garantiu o ídolo francês Thierry Henry.

Mas as críticas não se resumem ao time inglês. O Bayern de Munique também foi alvo de reprovações de ídolos, como Lothar Matthaus: "Falta vontade de definir, determinação para a última bola e agressividade", indicou o ex-jogador alemão, em novembro.

"Se quisermos ganhar algo nesta temporada, precisamos jogar de outra maneira", afirmou Robben. "Se não jogarmos bem contra o Arsenal vai ser muito difícil", acrescentou o holandês.

- Reencontro entre Alexis e Vidal -O jogo vai ser marcado pelo reencontro dos chilenos Alexis Sánchez e Arturo Vidal, que estão em excelente forma e querem avançar para a próxima eliminatória da Champions.

O atacante Sánchez marcou duas vezes na última rodada do Campeonato Inglês e se tornou o artilheiro da competição, com 17 gols. Vidal também despertou o lado goleador e fez o segundo da equipe bávara contra o Ingolstadt.

Apesar das críticas, o Bayern é favorito para o confronto. O time venceu as últimas 15 partidas em casa na Liga dos Campeões e chegou às semifinais nas últimas cinco edições do torneio.

O Arsenal foi eliminado duas vezes pelos alemães nas quartas de final, em 2013 e 2014.

"É importante proteger o resultado para o jogo de volta. Temos que ir sem nos esconder, mas defendendo bem", falou Wenger.

"Se jogarmos nosso melhor futebol, o Arsenal não vai ter nenhuma chance. Temos que marcar pelo menos uma vez e não sofrer gols. Sendo assim, vamos sair com um bom resultado", comentou Lewandowski.

mam-cpb/rsc/fa

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo