Esporte

Aguero brilha, marca dois gols e City abre vantagem sobre Monaco na Champions

21/02/2017 19h11

Manchester, Reino Unido, 21 Fev 2017 (AFP) - Em jogo de tirar o fôlego, o Manchester City venceu de virada o Monaco por 5 a 3 em casa, nesta terça-feira na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, com direito a duelo de artilheiros entre Sergio Aguero e Radamel Falcao, autores de dois gols cada.

Superiores na última meia-hora de partida, o City penou, mas fez valer seu mando de campo, largando na frente no duelo por uma vaga nas quartas de final, abrindo dois gols de vantagem que poderão ser decisivos na volta, em 15 de março no Principado.

A partida foi marcada pelo duelo sul-americano à distância entre o argentino Sergio Aguero e o colombiano Radamel Falcao, que foram decisivos para suas respectivas equipes, anotando dois gols cada. O argentino, porém, ainda teve uma assistência que foi decisiva para a vitória inglesa.

Questionado pela torcida pelas fracas atuações recentes e preterido após a chegada avassaladora de Gabriel Jesus, Aguero aproveitou a ausência do brasileiro, que fraturou o pé há duas semanas, para mostrar sua qualidade e provar a Pep Guardiola que tem condições de voltar a ser titular nos Citizens.

Do lado francês, a equipe que mais marcou gols nesta temporada na Europa, agora com 112 gols, voltou a mostrar seu poderia ofensivo, mas poderá dar adeus à competição em função dos repetidos erros defensivos, que colocaram os comandados do técnico Leonardo Jardim em um profundo buraco.

No Principado, o Monaco, vice-campeão europeu em 2002, precisará vencer por dois gols de diferença para avançar às quartas de final pela primeira vez no formato moderno da Liga dos Campeões.

- Virada monegasca -Devido às lesões dos defensores Kolarov, Kompany e Clicy, Pep Guardiola precisou inovar lá atrás, escalando o brasileiro Fernandinho, volante por natureza, na lateral-direita.

No restante da equipe, nenhuma surpresa. Com Gabriel Jesus fora, Aguero assumiu a ponta do ataque dos Citizens, apoiado pelos velozes Leroy Sané e Raheem Sterling e dos maestros David Silva e Kevin De Bruyne.

Do lado francês, o técnico português Leonardo Jardim foi a campo com força máxima. O brasileiro Fabinho foi titular no meio de campo, ao lado de Mendy, Bakayoko e Lemar.

No ataque, porém, Jardim promoveu uma mudança. O treinador preferiu apostar na fase iluminada da jovem promessa Kylian Mbappé, de apenas 18 anos e autor de oito gols nas últimas sete vezes em que havia sido titular, para fazer dupla com o experiente colombiano Radamel Falcao, deixando Germain no banco.

Ofensivas por natureza, aparentemente incapazes de jogar de maneira retrancada, as duas equipes protagonizaram um belo espetáculo, com um jogo aberto e franco e repleto de gols.

O Monaco começou pressionando alto, tentando, com sucesso, sufocar a saída de bola do City.

Com isso, os franceses foram os primeiros a assustar o gol adversário e quase abrirem o placar duas vezes nos primeiros minutos, com Falcao e o zagueiro Glik.

Exposto em campo, o City foi encontrando seu jogo de posse de bola, marca registrada de Guardiola, e respondeu à altura aos avanças franceses.

A pressão deu resultado e os comandados de Guardiola abrirem o placar.

Aos 26, Sané fez grande jogada pela esquerda, recebeu de volta de Silva e cruzou rasteiro para Sterling empurrar para as redes.

O gol sofrido não abalou o Monaco, que manteve sua estratégia de pressionar a saída de bola do City. Deu certo e não demorou para os visitantes virarem a partida.

Aos 31, o goleiro argentino Caballero saiu errado com a bola e ela sobrou para Fabinho cruzar na medida para Falcao, que deixou tudo igual com um belo 'peixinho'.

Aos 39, o segundo gol. Fabinho, nome do jogo, levantou a cabeça e, com lançamento primoroso, deixou Mbappé na cara de Caballero. O jovem francês não desperdiçou, fuzilando as redes do City.

- Falcao x Aguero -Na volta do intervalo, os dois times continuaram protagonizando um jogo aberto, repleto de chances de gol para os dois lados, para deleite dos amantes do futebol, e as duas maiores esperanças de gols em campo, Falcao e Aguero, protagonizaram duelo à distância.

Logo aos 3 minutos, Falcao teve a chance de praticamente selar a vitória francesa. O colombiano foi derrubado pelo argentino Otamendi dentro dá área, quando se preparava para finalizar um cruzamento da esquerda. Ele mesmo foi para a cobrança, mas bateu fraco e Caballero segurou, salvando o City.

O castigo pelo pênalti desperdiçado não demorou a chegar.

Aos 13, Sterling puxou rápido contra-ataque e tocou para Aguero. O argentino entrou na área e chutou, mas contou com a enorme colaboração do goleiro Subasic, que levou um verdadeiro frango.

No minuto seguinte, Falcao se redimiu do pênalti perdido recolocando o Monaco em vantagem no placar com um golaço de pura categoria.

No lance, o colombiano ganhou de Stones no mano a mano e encobriu Caballero com um toque genial.

Para não ficar para trás, Aguero respondeu, empatando a partida novamente para o City.

Aos 25, O 'Kun' aproveitou cobrança de escanteio de De Bruyne e acertou um belo chute de primeira.

Empurrado por um Etihad Stadium em polvorosa, o City partiu com tudo ao ataque em busca da vitória e outro jogador encontrou redenção, indo de vilão a herói na partida.

Assim como haviam feito Falcao, que perdeu pênalti, mas anotou dois gols, e Caballero, que errou na saída de bola do primeiro gol do Monaco, mas defendeu a cobrança do colombiano, Stones também se redimiu.

Responsável pelo erro que deixou Falcao livre para marcar o terceiro gol francês, o zagueiro da seleção inglesa apareceu na área em escanteio e recolocou o City na frente no placar, aos 31 minutos.

Mas quem pensou que o City ficaria satisfeito com a vitória por um gol, se enganou.

Sob ordens de Guardiola, a equipe se manteve no ataque e ampliou a vantagem aos 36 com Sané, após passe preciso de Aguero.

am

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo