Esporte

Gatito pega três pênaltis e Botafogo avança para fase de grupos da Libertadores

23/02/2017 00h23

Asunción, 23 Fev 2017 (AFP) - O Botafogo se classificou para a fase de grupos da Libertadores, nesta quarta-feira, depois de Gatito Fernández pegar três cobranças na disputa de pênaltis contra o Olimpia

O time viajou para o Paraguai com desfalques importantes, em especial a baixa do argentino Walter Montillo, principal contratação da temporada. O técnico Jair Ventura teve que improvisar algumas peças no time, como o zagueiro Marcelo, escalado na lateral direita.

Além da escalação inicial, a equipe sofreu com a perda do goleiro Helton Leite, que se machucou durante o jogo e pediu para sair. Parecia um presságio do nascimento de um herói: o paraguaio Gatito Fernández.

O goleiro, questionado por parte da torcida, entrou em campo, levou o gol, mas não sentiu a pressão das penalidades, defendendo três cobranças. Camilo, Pimpão e Victor Luis bateram e fizeram os gols do Fogão.

A sexta participação da equipe na competição não está nada fácil e vai continuar complicada na fase de grupos. O alvinegro vai enfrentar times cascudos no grupo 1, que conta com o atual campeão Atlético Nacional, o Barcelona de Guayaquil e o Estudiantes, tradicionais na competição.

- Retranca e contra-ataque -O Botafogo entrou em campo com uma estratégia bem definida: defender bem e tentar marcar no contra-golpe.

O time da casa começou a partida pressionando, apoiado pelos torcedores que foram a Defensores Del Chaco para empurrar a equipe. Mas os alvinegros cariocas não se intimidaram e pouco a pouco começaram a encaixar os passes.

Nos 20 primeiros minutos de jogo, o Fogão segurou a blitz e foi melhor que os anfitriões. Forte na defesa e tentando explorar os contra-ataques, a equipe mostrou maturidade, mesmo com algumas peças improvisadas, mas Camilo e Pimpão estavam muito isolados na frente.

Antes do fim do primeiro tempo, o Botafogo assustou o goleiro Azcona com chute de Pimpão, depois de receber passe do camisa 10. Logo depois, o Olimpia respondeu com perigo e colocou Helton Leite para trabalhar.

O camisa 12 teve que mostrar ao que veio depois de Ortiz mandar uma bomba de fora da área. Leite voou no canto, espalmou para o lado e a zaga alvinegra limpou no rebote.

A estratégia dos cariocas deu certo no primeiro tempo e o time esperava uma falha dos paraguaios para marcar um gol fora de casa e melhorar as chances de classificação à fase de grupos.

- Gatito sai do banco e sela vaga -Precisando do resultado, o time da casa começou o segundo tempo tentando o gol a qualquer custo. Aos dois minutos, os anfitriões chegaram com perigo ao gol de Leite. Quatro minutos depois, mais uma jogada pelo alto assustou a zaga botafoguense.

O ídolo paraguaio Roque Santa Cruz entrou no jogo aos 7, indicando que o tricampeão da competição faria de tudo pelo resultado. Três minutos depois o atacante teve a primeira chance, mas isolou por cima.

Mas aos 15 minutos, depois de já ter reclamado uma vez de dores, Leite caiu mais uma vez e teve que ser substituído pelo goleiro paraguaio Gatito Fernández. O arqueiro foi formado no Cerro Porteño, grande rival do Olimpia, e entrou pressionado pelos torcedores.

Os anfitriões não conseguiam encaixar jogadas perigosas, já que o Botafogo recuou a equipe e jogava quase sempre com pelo menos 8 jogadores atrás da linha a bola. A retranca quase foi furada aos 26 minutos, depois de cruzamento que achou Bogado sozinho dentro da área, mas o jogador cabeceou muito mal.

A partir dos 30 minutos o Olimpia foi para o tudo ou nada e já não tinha mais medo de sofrer o contra-golpe. Gatito fez duas defesas em dois minutos, primeiro segurando cabeçada de Santa Cruz e depois evitando o chute de Ortiz.

Aos 34, depois de triangulação dentro da área, o zagueiro Marcelo tentou rifar a jogada, mas a bola rebateu e sobrou limpa para Brian Montenegro encher o pé e botar fogo no jogo. Finalmente os paraguaios conseguiram furar o bloqueio alvinegro.

O gol não empolgou o Olimpia e nem abalou o Botafogo, que parecia gostar do resultado e não se esforçou para evitar disputa por pênaltis. Por conta da lesão de Helton Leite, o árbitro deu cinco minutos de acréscimos mas não teve jeito: penalidades.

Gatito se preparou para uma possível disputa por pênaltis e pegou três cobranças nos treinamentos. Parecia uma prévia do que iria acontecer em Assunção.

O goleiro se transformou em herói e defendeu três das quatro cobranças dos conterrâneos. Camilo, Pimpão e Victor Luis bateram as cobranças alvinegras e fizeram os gols.

A estreia dos cariocas vai ser no dia 14 de março contra o Estudiantes, no Estádio Nilton Santos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo