Esporte

Atlético de Madri defende vantagem para avançar às quartas da Champions

14/03/2017 12h38

Madri, 14 Mar 2017 (AFP) - O Atlético de Madri recebe o Bayer Leverkusen, na quarta-feira, pelo jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, com a missão de evitar surpresas, depois da vitória por 4 a 2 na primeira partida.

"Está claro que durante a semana temos um jogo vital de Liga do Campeões e precisamos pensar em vencer dentro de casa", falou o uruguaio José María Giménez.

Os Colchoneros querem chegar às quartas de final da competição pelo quarto ano seguido e tem no retrospecto a eliminação dos alemães nas oitavas da edição de 2014-15.

Eliminado da Copa do Rei e longe da briga pelo título da Liga, a Champions surge como o grande objetivo do treinador argentino Diego Simeone, que foi derrotado na final do ano passado pelo grande rival Real Madrid.

- Torres à disposição -O Atlético chega para o jogo embalado, depois de vencer os últimos dois jogos pelo Campeonato Espanhol, contra o Granada (1-0) e Valencia (3-0).

Para a partida decisiva, Simeone vai poder contar com a presença de Fernando Torres, que ficou afastado por 10 dias graças a um traumatismo cranioencefálico na partida contra o Deportivo La Coruña. O atacante caiu e bateu o rosto no chão, mas já está recuperado.

O montenegrino Stefan Savic, que quebrou o nariz contra o Granada, também vai estar disponível para a partida. Por outro lado, Simeone não vai poder contar com o brasileiro Filipe Luis nem o capitão Gabi.

O técnico argentino deposita as fichas no francês Antoine Griezmann, que marcou três dos últimos quatro gols do time. O atacante balançou as redes 12 vezes em 2017 e tem 21 gols na temporada.

Do outro lado, o Leverkusen não está em seu melhor momento e vem de duas derrotas e um empate na Bundesliga.

- "Desafio imenso" -As derrotas para o Mainz(2-0) e Borussia Dortmund (6-2) resultaram na demissão do técnico Roger Schmidt, substituído por Tayfun Korkut para a partida decisiva.

O novo treinador estreou com empate contra o Werder Bremen (1-1) e tem uma complicada missão em Madri. Korkut ainda não vai contar com seis titulares, entre lesões e suspensões.

O técnico vai montar o time sem a zaga titular Jonathan Tha e Omar Toprak, e também não vai ter a presença do capitão Lars Benders, todos machucados.

Com os desfalques, o Leverkusen deve ir a campo com o mexicano Chicharito Hernández acompanhado do atacante Karim Ballarabi, autor de um dos gols na partida de ida.

Por conta do resultado em casa, os alemães precisam vencer por três gols de diferença. O resultado de 2 a 0 empata a eliminatória, mas os espanhóis tem a vantagem de ter marcado quatro vezes fora de casa.

O time alemão nunca conseguiu avançar para as quartas de final da Champions, desde que começou a ser disputada no formato atual. "Todos sabemos que é um desafio imenso", reconheceu o diretor esportivo do time, Rudi Völler.

Prováveis escalações:

Atlético de Madrid: Oblak - Vrsaljko, Giménez, Godín, Lucas - Juanfran, Saúl, Koke, Gaitán - Carrasco, Griezmann.

Treinador: Diego Simeone (ARG)

Bayer Leverkusen: Leno - Hilbert, Jedvaj, Dragovic, Wendell - Baumgartlinger, Arangüiz - Bellarabi, Volland, Brandt - Chicharito.

Treinador: Tayfun Korkut

Árbitro: Sergei Karasev (RUS).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo