Esporte

Leicester elimina favorito Sevilla e está nas quartas da Champions

14/03/2017 19h00

Leicester, Reino Unido, 14 Mar 2017 (AFP) - O Leicester voltou a surpreender o mundo do futebol, conquistando em casa a vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões, nesta terça-feira, ao vencer por 2 a 0 o Sevilla, após ter perdido a partida de ida, na Espanha, por 2 a 1.

A vitória permite à equipe inglesa, atual campeã da Premier League, chegar às quartas de final da Liga dos Campeões pela primeira vez em sua história.

Os ingleses foram valentes e conseguiram remontar o placar negativo da ida na capital da Andaluzia, onde haviam perdido por 2 a 1, enquanto o Sevilla se vê eliminado nas oitavas da principal competição continental pela terceira vez.

Atual bicampeão da Liga Europa, o Sevilla sofreu os primeiros dois gols fora de casa na atual edição da Liga dos Campeões.

Na fase de grupos, o time do técnico chileno Jorge Sampaoli havia se classificado sem sustos, apesar de enfrentar em Turim a forte Juventus (0-0).

O sorteio das quartas de final da Liga dos Campeões vai ser realizado na sexta-feira, dia 17 de março. As partidas serão disputadas em abril.

- Sevilla perdido -Ao contrário da partida de ida, quando preferiu apostar em contra-ataque para tentar surpreender o Sevilla, o Leceister optou por marcar a saída de bola espanhola jogando em casa, sabendo da necessidade de marcar um gol para ficar com a vaga nas quartas de final.

A pressão deu certo e o Sevilla encontrou muita dificuldade para sair jogando com qualidade, como gosta o técnico Sampaoli.

Com isso, o Leicester, que conquistou a Premier League no ano passado com média de posse de bola de menos de 45% por jogo, fez algo que não costuma fazer: assumiu o controle da partida, chegando a ficar com 55% da bola em seus pés.

O domínio, porém, não se transformava em chances de gol e, como o Sevilla também não parecia fazer muita questão de se expor, a partida pecou pela falta de emoção.

Apoiado por sua torcida, o Leicester acabou encontrando um gol aos 27 minutos com o capitão Wes Morgan, que sem querer acabou marcando de joelho, após falta alçada na área espanhola.

O gol fez o King Power Stadium explodir de alegria. A torcida sabia que o time havia marcado o gol que precisava para se classificar pela primeira vez às quartas de final da Liga dos Campeões.

- Schmeichel pega pênalti -Na volta do intervalo, a bronca de Sampaoli pelo jogo pouco inspirado de seus jogadores pareceu surgir efeito.

O Sevilla se mostrou mais ambicioso e partiu ao ataque em busca do gol.

Aos 7 minutos, Escudero recebeu na entrada da área e soltou o pé, acertando o travessão do goleiro Kasper Schmeichel.

Infelizmente para os andaluzes, o Leicester não desperdiçou a chance que tive de ampliar o placar.

Aos 9, Mahrez cruzou da direita, Rami afastou e a bola caiu no pé de Albrighton. O meia dominou e chutou rasteiro, sem chances para o goleiro Sergio Rico.

Com 2 a 0 no placar, o Leicester recuou de vez, sabendo que um desesperado Sevilla viria com tudo para o ataque em busca de um gol que pudesse levar a decisão da vaga nas quartas para a prorrogação.

O técnico Craig Shakespeare aproveitou para tirar Okazaki e colocar um atacante de mais velocidade, o argelino Islam Slimani, claramente no intuito de aproveitar os espaços deixados pelo Sevilla.

A tática inglesa foi dando certo e os espanhóis foram perdendo a cabeça. Aos 28, Nasri foi expulso ao receber o segundo cartão amarelo, após se desentender com Vardy e dar uma cabeçada no atacante do Leicester.

Com um a mais, tudo indicava que a vaga ficaria nas mãos no Leicester sem grandes sustos. Não foi assim. Os torcedores dos Foxes ainda tiveram que aguentar as emoções de um pênalti cometido por Schmeichel, aos 33 minutos.

O goleirão dinamarquês, filho do lendário Peter Schmeichel, que brilhou no Manchester United nos anos 90, se redimiu do erro, defendendo cobrança de N'Zonzi.

Schmeichel já havia brilhado na partida de ida, em Sevilha, pegando outro pênalti e realizando inúmeras defesas que mantiveram o Leicester vivo na briga pela vaga.

Nos minutos finais, o Sevilla tentou encontrar um gol na base do chuveirinho, mas não houve jeito de superar a retranca do guerreiro pequeno clube inglês, que depois de chocar o mundo ao ganhar a Premier League, surpreende a Europa com uma inesperada classificação às quartas da Liga dos Campeões.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo