Esporte

Marta obtém nacionalidade sueca e pretende morar no país ao fim da carreira

Divulgação
Marta obtém sua nacionalidade sueca e agora poderá viver no país após encerrar carreira Imagem: Divulgação

15/03/2017 07h18

Marta, a grande estrela do futebol feminino brasileiro, anunciou nesta quarta-feira que se naturalizou sueca, depois de 10 anos de residência no país escandinavo, mas ressaltou que pretende continuar jogando pela seleção do Brasil.

"Quero poder viver a longo prazo na Suécia. Eu gosto de tudo na Suécia e agora terei a possibilidade de continuar vivendo aqui quando encerrar minha carreira. Eu vivi muito tempo aqui e acaba sendo mais fácil agora", afirmou Marta ao jornal Sydsvenskan.

"Me sinto sueca também. (...) Estou muito feliz de ter feito agora", disse, em referência a ter obtido o passaporte sueco, e exibindo o documento de naturalização, com data de 9 de março.

A craque de 31 anos deixou o Brasil muito jovem, em 2004, para jogar em Umea. Sem considerar os pequenos intervalos em que atuou nos Estados Unidos e no Brasil, Marta disputou 10 temporadas na Suécia, e está pronta para a 11ª com o Rosengard, clube de Malmö.

Marta ainda fez questão de avisar que não trocará a equipe sueca pelos Estados Unidos, como noticiou a imprensa local nesta semana. "Não há muito o que falar sobre isso. Agora eu tenho a Liga dos Campeões pela frente. Eu estou aqui, eu jogo para o clube", ressaltou disse Marta.

A jogadora tem uma história no país. No Umea, ganhou os principais títulos: Liga dos Campeões, Campeonato Sueco, Copa da Suécia e Supercopa da Suécia. Pelo FC Rosengård, a brasileira conquistou três vezes a Supercopa da Suécia e uma vez a Copa da Suécia. 

Vale ressaltar que, mesmo com o processo, Marta mantém a nacionalidade brasileira e nunca vestirá o uniforme da Suécia. "Não pode e nem quero mudar de seleção nacional", afirmou ao Sydsvenskan.

O clube também parabenizou a brasileira em comunicado no site oficial. “Hoje Marta pode finalmente pegar sua cidadania sueca. A cinco vezes eleita melhor jogadora de futebol do mundo Marta Vieira da Silva agora é sueca! Após um longo tempo em processo com o Serviço de Migração, a papelada ficou pronta hoje e Marta pode mostrar a sua cidadania sueca. Isso significa que ela vai ter no futuro, a dupla cidadania. Parabéns Marta!", publicou o clube. 

Empresário diz que jogadora segue na seleção até 2020

Ao UOL Esporte, o empresário de Marta, Fabiano Farah, disse que a obtenção do passaporte sueco agora em nada muda seus planos de carreira. Ela seguirá na seleção e vai disputar os Jogos Olímpicos de 2020.

"Nada muda na vida esportiva da Marta. Ela vai até 2020, E posso garantir que nunca a vi tão focada e motivada. Tem uma capacidade de se reinventar que impressiona", disse.

"Ela está pensando no que acontecerá quando encerrar carreira. A Suécia foi um país que a abraçou desde cedo, ela gosta de lá e quer morar. É como acontece com o Ronaldo e o Roberto Carlos, por exemplo. Eles têm cidadania espanhola e moram lá", disse Farah. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo