Esporte

Sem Messi, Argentina perde para Bolívia; Colômbia vence Equador

28/03/2017 20h18

La Paz, 28 Mar 2017 (AFP) - Uma ambiciosa Bolívia venceu nesta terça-feira por 2 a 0 a Argentina, enfraquecida pela ausência de Lionel Messi, suspenso por quatro rodadas por ofensas a um auxiliar de arbitragem, enquanto a Colômbia vencer em Quito o Equador pelo mesmo placar.

Como era de se esperar, a Bolívia, aproveitou a altitude de La Paz para iniciar a partida pressionando uma Argentina repleta de desfalques e que entrou em campo com apenas três jogadores que foram titulares na última quinta-feira, na vitória sobre o Chile (1-0): O goleiro Sergio Romero, o lateral Marcos Rojo e o meia-atacante Angel Di Maria.

Após Romero segurar o ímpeto boliviano nos primeiros 20 minutos de jogo, fazendo boas defesas em finalizações de Marcelo Moreno e Juan Carlos Arce, a Argentina conseguiu colocar a bola no chão e controlar a posse de bola.

Aos 28, os argentinos chegaram com muito perigo. Di Maria recebeu de Pratto na cara do gol, mas desperdiçou a chance, chutando em cima do goleiro Lampe.

A resposta boliviana veio logo em seguida.

No ataque que seguiu, Pablo Escobar cruzou a bola na área, Romero demorou para sair e Arce, ex-Corinthians e Sport, apareceu para desviar de cabeça paras as redes.

No segundo tempo, a Argentina se mostrou mais ofensiva e decidida a agredir a defesa boliviana, mas sem Messi, não conseguia criar chances claras de gol.

A Bolívia acabou selando sua vitória aos 18 minutos. No lance, Jorge Flores fez jogada espetacular pela esquerda e cruzou na medida para Marcelo Moreno, ex-Cruzeiro, Grêmio e Flamengo, dominar e chutar com força, sem chances para Romero.

Com o resultado, a Bolívia continua na penúltima colocação com apenas 10 pontos, enquanto a Argentina caiu para o 4º lugar com 22 pontos, ultrapassada pela Colômbia (24 pts), que assumiu provisoriamente a vice-liderança das eliminatórias ao vencer o Equador (6º com 20 pts) por 2 a 0.

- Colômbia mostra força -Os colombianos construíram sua vitória graças a um primeiro tempo primoroso contra o Equador em Quito.

Aos 20 minutos de jogo, o camisa 10 Cafetero, James Rodríguez, abriu o placar quase sem querer, mandando a bola para as redes de costas, após ótima jogada e cruzamento de Miguel Borja que desviou no zagueiro Ayoví.

Aos 33, a Colômbia voltou a apostar em seu lado esquerdo para chegar ao segundo gol, parecido com o primeiro. Cardona lançou bonito, James dominou e cruzou para a área. Desta vez, Juan Cuadrado apareceu para mandar a bola para o gol equatoriano.

No segundo tempo, o Equador tentou pressionar a Colômbia, mas se viu limitado pela expulsão aos 15 minutos de Luis Caicedo, que recebeu segundo cartão amarelo após falta dura em Aguilar.

Com um jogador a mais, a Colômbia controlou o jogo, dominou a posse de bola e esperou o tempo passar para garantir a segunda vitória seguida nas eliminatórias, que vale à seleção Cafetera a consolidação na zona de classificação à Copa do Mundo da Rússia-2018.

Na próxima rodada, em 31 de agosto, a Argentina, ainda sem Messi, terá uma difícil visita a Montevidéu contra o Uruguai, a Bolívia viajará a Lima para enfrentar o Peru, enquanto a Colômbia visita a Venezuela em Caracas e o Equador vem ao Brasil encarar Neymar e companhia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo