Esporte

Técnico Shakespeare quer escrever epopeia do Leicester contra Atlético na Champions

11/04/2017 14h32

Londres, 11 Abr 2017 (AFP) - Seu reino por uma semifinal: Craig Shakespeare refez do Leicester uma formação de combate digna de um campeão inglês. Mas será isso suficiente para derrubar o forte Atlético de Madri nas quartas de final da Liga dos Campeões, nesta quarta-feira na capital espanhola?

Havia algo de podre no Leicester antes de 23 de fevereiro. Claudio Ranieri não parecia mais ter o respeito de seus jogadores e os campeões ingleses, na 17ª colocação da Premier League, flertavam perigosamente com o rebaixamento.

Passado o drama da saída do treinador italiano, adorado pelos torcedores, os dirigentes deram as rédeas dos Foxes a Shakespeare, assistente-técnico há 10 anos no clube e preferido pelos jogadores. E ele não inventou, voltando a apostar no básico.

"Neste momento, as coisas vão melhor do que eu imaginava, melhor do que nos meus sonhos", admitiu Shakespeare no início deste mês.

Adeus às mudanças sofisticadas, à tentativa de colocar Mahrez como meia ou Gray como atacante, à defesa com três zagueiros, aos novos esquemas de Ranieri. A nova ordem é conhecida e confiável: pressão na saída de bola, aposta nos contra-ataques, o imortal 4-4-2, um meio de campo combativo e os gols de Vardy.

Resultado: cinco vitórias consecutivas no Campeonato Inglês, uma escalada espetacular para a 11ª colocação na tabela e uma vitória contundente sobre o Sevilla (2-0) na partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões.

- Atlético em forma -A cidade já se mostrava mais confiante com as mudanças de comportamento da equipe antes do duelo na Champions. No caldeirão do King Power Stadium, os torcedores alertaram os andaluzes com uma grande bandeira de Shakespeare (Craig) segurando um cachorro pela coleira. Na legenda, uma famosa citação de Júlio César, obra de Shakespeare (William): "Enquanto desprende os cães da guerra".

Os Foxes, porém, vêm de derrota dura para o Everton (4-2), no domingo, a primeira da era Shakespeare, mas as atenções já estavam voltadas para Madri e diversos titulares da equipe foram poupados. "Não há muito desgaste após essa derrota", analisou sobriamente Shakespeare.

O desafio agora é outro, e esses "Cães de Guerra" terão que morder adversário bem mais resistente. Se o Sevilla gostava de jogar bonito e ofensivo, Diego Simeone arma sua equipe para o contra-ataque e o embate.

Para piorar, o Atlético vive grande fase recente. Ou seja, é um osso duro de roer.

Desde a derrota para o Barcelona, em fevereiro, os Colchoneros emendaram oito jogos sem derrota (com seis vitórias) em todas as competições. Na última partida, um empate (1-1) com o arquirrival Real Madrid, graças a um gol de Antoine Griezmann nos minutos finais.

- Destemido -"Todas as partidas (das quartas de final) se apresentam como belos jogos, difíceis de se disputar", analisou o atacante francês. "No nosso caso, não será uma partida bela de se ver para quem assistir pela televisão. Mas será intensa".

A experiência certamente estará do lado do Atlético, finalista da Champions na temporada passada, derrotado pelo rival Real Madrid na decisão pela segunda vez em três anos.

"Não somos favoritos, não achamos isso", afirmou o lateral brasileiro do Atlético Filipe Luís, antes de mostrar um pouco mais de confiança: "Vai ser difícil para eles, porque sabemos como abordar essas quartas de final. Disputamos três nos últimos três anos, então estamos prontos".

O goleiro do Leicester, o dinamarquês Kasper Schmeichel, respondeu: "É uma questão de confiança. Temos jogadores para isso. Sempre fomos capazes de realizar esse tipo de coisa", em alusão ao slogan do clube: "Fearless" ("Destemido").

- Prováveis escalações:

Atlético de Madri: Oblak - Juanfran, Savic, Godin, Filipe Luis - Saúl, Gabi, Koke, Carrasco - Griezmann, Torres.

Técnico: Diego Simeone (ARG)

Leicester: Schmeichel - Simpson, Huth, Benalouane, Fuchs - Mahrez, Ndidi, Drinkwater, Albrighton - Okazaki, Vardy

Técnico: Craig Shakespeare (ING)

Árbitro: Jonas Eriksson (SUE)

mam/pgr/chc/am

REPONSE

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo