Esporte

CR7 marca duas vezes e Real vence Bayern de Munique de virada

12/04/2017 18h21

Munique, Alemanha, 12 Abr 2017 (AFP) - O Real Madrid venceu de virada por 2 a 1 o Bayern de Munique, com dois gols de Cristiano Ronaldo, nesta quarta-feira na partida de ida das quartas de final da Liga dos Campeões, um resultado que dá aos merengues ótimas chances de buscar a classificação às semifinais no Santiago Bernabeu.

Foram os gols de número 99 e 100 em competições europeias de clubes (98 na Champions, 2 na Supercopa da Europa) para Cristiano Ronaldo, um recorde, que valeram a virada e a vitória para o atual campeão continental.

O Real Madrid, atual campeão europeu, acabou estragando a noite de seu ex-treinador, o italiano Carlo Ancelotti, que comandou os Merengues rumo ao décimo título europeu, em 2014, e hoje treina o Bayern de Munique.

Jogando na Allianz Arena, o Bayern não perdia na Liga dos Campeões há 18 jogos (18 vitórias), desde 2014, justamente quando foi goleado pelo Real Madrid (4-0) nas semifinais da competição.

O gigante de Madri terá pela frente em apenas cinco dias duas partidas decisivas no Santiago Bernabeu: na próxima terça-feira (18), recebe o Bayern para o jogo de volta das quartas de Champions e, no dia 23, encara o Barcelona, um jogo que pode selar o título espanhol para CR7 e companhia.

- Bayern superior -O jogo começou morno, com as duas equipes mostrando enorme respeito pelo poderio ofensivo do adversário.

Jogando em casa, e ainda com resquícios evidentes da passagem de Pep Guardiola pelo comando técnico da equipe, nas três temporadas anteriores, o Bayern mandou na posse de bola. O toque do atual treinador, Carlo Ancelotti, também era visível, com forte marcação no meio de campo.

Os bávaros, porém, sentiram falta do artilheiro da equipe, o polonês Robert Lewandowski, cortado pouco antes do jogo devido a uma lesão no ombro.

Com Thomas Muller escalado como centroavante, o Bayern perdeu em poder de finalização e, apesar do domínio, demorou para assustar o gol de Kaylor Navas.

Já Zinedine Zidane armou sua equipe bem fechada, sabendo que dificilmente conseguiria rivalizar na posse de bola com o Bayern, principalmente jogando na Allianz Arena.

O objetivo era claro: não sofrer gol, tentar surpreender o time bávaro num contra-ataque puxado pelo trio BBC (Bale, Benzema e Cristiano Ronaldo) e voltar para Madri com um resultado favorável para não precisar se desdobrar em busca de classificação.

Com o Real bem fechado, e Casemiro, Modric e Kroos marcando forte pelo meio, o Bayern apostou por jogar pelas laterais do campo.

Robben, pelo lado direito, era o mais acionado e dava conta do recado, levando à loucura o lateral brasileiro Marcelo com seus tradicionais dribles curtos.

Chance real de gol, porém, só aos 24 minutos, e valeu a abertura do placar.

Em escanteio cobrado por Robben, Vidal apareceu sozinho na área espanhola e acertou forte cabeçada que pegou Navas de surpresa.

Enquanto isso, o Real sofria para armar jogadas de perigo. Em atuação decepcionante no primeiro tempo, o único lance de perigo de Cristiano Ronaldo e companhia foi uma cabeçada fraca que Manuel Neuer defendeu com categoria, aos 17.

Vidal ainda teve chance de se tornar o herói do jogo aos 43 minutos, quando o árbitro enxergou mão na bola dentro da área de Carvajal em chute de fora da área de Ribéry.

O chileno foi para a cobrança e bateu com muita força, isolando a bola na arquibancada.

- Cristiano Ronaldo decide -Quem sofreu com a atuação fraca da equipe no primeiro tempo foi Cristiano Ronaldo, que começou o jogo aberto pela ponta esquerda, mas praticamente não tocou na bola.

Zidane percebeu a dificuldade de seu time e de seu craque e mudou a equipe no intervalo. Mais centralizado, o português não demorou para mostrar o porquê é o atual melhor do mundo e foi essencial para a virada Merengue.

No primeiro lance do segundo tempo, Casemiro lançou Carvajal, que levantou a cabeça e cruzou para a área. Cristiano Ronaldo se adiantou da marcação e pegou de primeira, tirando de Neuer e empatando o jogo.

O gol mudou o panorama do jogo completamente. O Real cresceu junto com seu maior craque, que foi decisivo também ao ser responsável pela expulsão do zagueiro Javi Martínez, autor de duas faltas no português em três minutos que lhe valeram dois cartões amarelos e um vermelho.

Com o time espanhol com um jogador a mais, o Bayern se viu completamente dominado no meio de campo e só não foi goleado porque Neuer estava em noite inspirada.

Aos 10, Benzema apareceu livre na área e cabeceou forte à queima-roupa, mas o goleirão alemão pegou no reflexo.

Aos 27, o atacante francês teve outra chance incrível, cara a cara com Neuer, que fez o paredão e defendeu. Dois minutos depois, foi a vez de Cristiano Ronaldo tentar a sorte, também sozinho de frente para o gol alemão. Neuer esticou o braço e salvou de maneira impressionante.

O domínio do Real era tamanho que o Bayern, totalmente encolhido, claramente se dava por satisfeito em segurar o empate para poder tentar melhor sorte em Madri, na partida de volta.

Não deu. Na segunda oportunidade que teve diante de Neuer, Cristiano Ronaldo não perdoou, desviando com a sola do pé um cruzamento da esquerda de Asensio, que acabara de entrar no lugar do lesionado Bale.

Nos minutos finais, o Real seguiu pressionando, sentindo que poderia adiantar de vez sua classificação às semifinais, mas pecava nas finalizações.

Na última oportunidade, Sergio Ramos, ao seu estilo, apareceu na área para cabecear com precisão uma falta alçada na área e saiu para o abraço, mas o gol foi corretamente invalidado pelo árbitro.

O zagueiro realmente estava impedido e o Real teve que se contentar com uma 'magra' vitória, que pode até ser considerada decepcionante para o volume de jogo espanhol no segundo tempo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo