Esporte

Sharapova repreende ITF por não avisar inclusão de substância proibida

AP Photo/Aaron Favila
Imagem: AP Photo/Aaron Favila

14/04/2017 13h33

A tenista russa Maria Sharapova, suspensa pela Federação Internacional de Tênis (ITF) por doping, em janeiro de 2016, repreendeu a instituição, nesta sexta-feira, por não ter sido avisada sobre a inclusão da substância utilizada por ela na lista de produtos proibidos.

"Por que ninguém veio falar comigo em uma conversa franca, entre um oficial e uma atleta? Isso teria resolvido o problema de confidencialidade posterior", indicou Sharapova ao jornal britânico The Times.

A tenista de 29 anos, vencedora de cinco Grand Slams, deu positivo para Meldonium em janeiro de 2016 e foi suspensa por 15 meses pelo Tribunal Arbitral do Esporte.

Sharapova vai voltar a competir no Torneio de Stuttgart, que começa dia 24 de abril.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo