Esporte

Jogador é punido por deixar campo após sofrer insultos racistas

02/05/2017 17h08

Roma, 2 Mai 2017 (AFP) - O meia ganês do Pescara Sulley Muntari, que deixou o campo na partida contra o Cagliari após ouvir insultos racistas, foi suspenso por um jogo devido a um "comportamento contra o regulamento", informou nesta terça-feira a Liga Italiana.

Antes de abandonar o campo de jogo, Muntari foi até o árbitro da partida para avisar sobre os gritos racistas, mas foi advertido com um cartão amarelo. Ao deixar o campo, recebeu outro cartão.

Segundo comunicado do comitê disciplinário do futebol italiano, Muntari foi suspenso por "duplo cartão por ter protestado ao diretor do jogo e por seu comportamento contra o regulamento, porque deixou o campo sem a autorização do diretor do jogo".

A entidade, porém, não puniu o Cagliari, ao considerar que os gritos racistas foram lançados "por cerca de 10 torcedores, quer dizer, menos de 1% dos ocupantes daquele setor" do estadio.

Horas antes, o sindicato dos jogadores profissionais FifPro pediu aos dirigentes do futebol italiano que "investiguem" o ocorrido e que "medidas fortes" sejam adotadas para lutar contra esse tipo de comportamento da torcida.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo