Esporte

Murray, Nadal e Djokovic iniciam briga por Masters 1000 de Madri

07/05/2017 12h03

Madri, 7 Mai 2017 (AFP) - O atual campeão do Masters 1000 de Madri, o sérvio Novak Djokovic, vai precisar reencontrar o bom tênis para manter o título da competição, que tem o espanhol Rafael Nadal e o britânico Andy Murray como principais concorrentes.

O suíço Roger Federer não vai participar do torneio, por conta de um problema nas costas.

Para "Djoko", a disputa na capital espanhola definiu o desenrolar do resto da temporada de 2016. O número 2 do mundo quer aproveitar a oportunidade para se recuperar em 2017, que não começou bem.

O sérvio foi eliminado no Aberto da Austrália na segunda fase e caiu para o belga David Goffin nas quartas de final de Montecarlo. Mas agora com novo treinador, o tenista aspira reencontrar a boa fase e vai estrear na segunda rodada contra o vencedor da disputa entre os espanhóis Nicolás Almagro e Tommy Robredo.

- Nadal a caminho de Roland Garros -Nadal pode ser uma pedra no caminho de Djokovic em uma possível semifinal, caso os prognósticos se confirmem. O espanhol quer continuar no pique nas disputas no saibro, de olho no título do Grand Slam de Roland Garros.

"Aqui em Madri estão os melhores do mundo. Tenho que ser competitivo todos os dias e só é possível alcançar meu objetivo se eu jogar bem um dia após o outro", falou Nadal, que chega à capital depois de levantar os torneios de Barcelona e Montecarlo.

Nadal já levantou quatro canecos em Madri, em 2005, 2010, 2013 e 2014, e vai estrear na competição contra o italiano Fabio Fognini, que superou o português João Sousa neste domingo.

Também volta à Madri o finalista do ano passado e atual líder do ranking mundial, Andy Murray, que foi campeão em 2008 e 2015.

O britânico vem de derrota nas semifinais de Barcelona para o austríaco Dominique Thiem e de eliminação para Albert Ramos nas oitavas de final de Montecarlo.

Federer e o argentino Juan Martin del Potro não vão participar do torneio, apesar de terem sido anunciados como participantes a princípio. Del Potro está em Estoril desde a semana passada, por conta da morte do seu avô.

No feminino, depois dos desfalques da americana Serena Williams, grávida, e da polonesa Agnieszka Radwanska, machucada na última hora, as favoritas são a alemã Angelique Kerber e a tcheca Karolina Pliskova.

Kerber venceu o primeiro duelo contra a húngara Timea Babos, enquanto Pliskova avançou para a segunda fase no último sábado (6). A atual campeã, a romena Simona Halep corre por fora para levantar o título.

- Sharapova começa bem -A russa Maria Sharapova vai disputar o segundo torneio, depois do fim da suspensão de 15 meses por doping. A tenista vem de derrota nas semifinais do Torneio de Stuttgart na semana passada.

Finalista em 2013 e vencedora em 2014, Sharapova avançou para a segunda fase ao vencer a croata Mirjana Lucic-Baroni por dois sets a um, neste domingo, parciais 4-6, 6-4, 6-0.

A espanhola Garbiñe Muguruza também está no páreo pelo título, enquanto que a porto-riquenha Mónica Puig foi eliminada na estreia pela americana Lauren Davis.

Muguruza quer se preparar para a defesa do título de Roland Garros, apesar de não ter boas lembranças do torneio de Madri.

"Não tem um histórico favorável, mas estou feliz de estar aqui porque eu adoro. Espero ir melhor", garantiu a tenista espanhola.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo