Esporte

S. Ramos ataca Atlético, e Gabi retruca: "humildade não é sobre dinheiro"

AP Photo/Francisco Seco
Sergio Ramos é o grande líder do elenco do Real Madrid Imagem: AP Photo/Francisco Seco

09/05/2017 15h11

Sergio Ramos, capitão do Real Madrid, não gostou da nova campanha do Atlético de Madri nas redes sociais, que dá a entender que os valores de sacrifício e humildade são exclusivos do rival da capital. O zagueiro espanhol ironizou e até fez uma analogia com Beverly Hills, cidade conhecida pelas patricinhas de Hollywood. Gabi, líder dos colchoneros, no entanto, retrucou o compatriota.

"Parece que aqui todos fomos criados em Beverly Hills e com uma conta corrente bem gorda", respondeu o zagueiro do Real, após a divulgação de uma campanha do Atlético para motivar a equipe e a torcida, na véspera do jogo de volta das semifinais da Liga dos Campeões. Na ida, o Real venceu por 3 a 0, na semana passada.

O Atlético publicou diversas mensagens na rede social Twitter enaltecendo os valores de humildade e garra sob a hashtag #NoLoPuedenEntender (Eles não conseguem entender), em clara alusão ao Real Madrid, visto como um "primo rico" do time colchonero.

"Aqui (no Real Madrid) há pessoas do povo com valores e muita educação. Temos nossos valores e veremos o que acontece. As campanhas e os tuítes são respeitáveis, mas não vão mudar nossos valores, iremos com a mesma humildade e sacrifício dentro de campo", declarou Ramos.

Gabi, então, retrucou o rival. "Humildade não tem nada a ver com sua origem ou o dinheiro que tenha. A humildade com a qual me identifico é a representada por nossa torcida", disse Gabi em entrevista coletiva.

PRESSÃO NO CAMPO RIVAL?

O capitão do Real afirmou que não se sentirá intimidado pelo ambiente quente do estádio Vicente Calderón, pelo contrário, ficará motivado.

"Não é o primeiro jogo que vamos fazer no Calderón, eles têm uma torcida que não deixa de apoiar. Para mim, quanto mais apoiam, mais me motiva. Hoje em dia nosso time aguenta isso muito bem", garantiu.

"No fim das contas, são duas equipes com 11 jogadores e vamos ver quem é melhor, o resto, o que vem de fora, não vai mudar nada", continuou o capitão do Real. "A mentalidade é jogar e esquecer o resultado que conseguimos em casa e ganhar o jogo", concluiu.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo