Esporte

Santos garante vaga nas oitavas da Libertadores com empate heroico

17/05/2017 21h46

La Paz, 18 Mai 2017 (AFP) - Com um jogador a menos desde os 22 minutos do primeiro tempo, o Santos buscou empate heroico em 1 a 1 contra o The Strongest, nesta quarta-feira, e conseguiu a classificação antecipada no Grupo 2 da Libertadores.

O empate do Peixe e a vitória do Santa Fe(COL) sobre o Sporting Cristal(PER) por 2 a 0, na outra partida do grupo, alvinegro praiano chegou aos 9 pontos e garante uma das vagas do grupo.

Bolivianos e colombianos, que têm 8 e 7 pontos respectivamente, disputam a segunda vaga em confronto direto na última rodada, enquanto o alvinegro praiano enfrenta o lanterna peruano, na Vila Belmiro.

O empate mantém a invencibilidade do Peixe na Libertadores. O time é o único brasileiro que ainda não foi derrotado no torneio.

- Expulsão boba -O Santos vinha de derrota contra o Fluminense, na estreia do Brasileirão, e surpreendeu com o artilheiro Ricardo Oliveira no banco de reservas. A ideia era apostar em um ataque mais veloz, escolha arriscada para a altitude de 3.600 metros de La Paz.

A partida começou agitada e aberta, com as duas equipes oferecendo perigo ao gol adversário. O Strongest tinha mais ímpeto, enquanto o Santos se fechava atrás e tentava encaixar bons contra-ataques.

No entanto, Bruno Henrique levou o segundo amarelo e deixou o campo mais cedo, aos 22 minutos do primeiro tempo. O cartão vermelho desestabilizou o alvinegro praiano na partida e abriu espaços para a pressão boliviana.

Os anfitriões abusavam da velocidade e o jogo pegava fogo. Aos 39 minutos, Pérez cruzou pela esquerda, Alonso chutou prensado e a bola sobrou para Chumacero. O atacante matou com tranquilidade, driblou Vanderlei com um corte seco e bateu firme para abrir o placar.

O Strongest foi para o intervalo depois de chutar sete vezes ao gol e ter superioridade na posse de bola na casa dos 65%. O Santos só tentou o gol duas vezes.

- Empate heroico -Na volta do vestiário, o Santos voltou sem alterações, mas mais fechado na marcação, depois dos ajustes feitos pelo técnico Dorival Júnior. Mas o Strongest cresceu com a vantagem numérica e partiu pra cima.

Aos 11 minutos, Vanderlei fez defesa espetacular e salvou o segundo gol dos bolivianos. Após passe errado de Renato, Alonso ficou cara a cara com o goleiro, que se esticou todo e buscou a bomba do atacante.

Os primeiros 15 minutos foram de pressão absoluta dos donos da casa. O Santos tentava de tudo para se defender e mantinha a estratégia de esperar um contra-ataque ou uma bola parada para empatar.

E a chance veio aos 23 minutos, quando Lucas Lima assumiu a responsabilidade e fez jogada individual pela direita. O camisa 10 driblou o zagueiro e cruzou para Vitor Bueno balançar as redes, livre dentro da pequena área.

O Peixe melhorou no jogo e sofreu menos com o ataque adversário. No entanto, aos 37 minutos, a zaga deu bobeira e Vanderlei derrubou Pedrozo dentro da área. Pênalti que Escobar bateu pra fora, desperdiçando as chances de garantir a vaga para os bolivianos.

O juiz ainda deu 5 minutos de acréscimo para deixar o fim de jogo ainda mais emocionante. Mas o Strongest ficou nervoso, principalmente após a chance desperdiçada por Escobar, e não acertava os passes. O Santos agradeceu e saiu do estádio com a vaga debaixo do braço.

fa

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo