Esporte

Oito jogadores a acompanhar na final da Liga Europa

23/05/2017 14h56

Estocolmo, 23 Mai 2017 (AFP) - Com o Manchester United e o Ajax disputando o título da Liga Europa e, por consequência, uma vaga na próxima Liga dos Campeões, a AFP analisa oito jogadores que merecem destaque e podem ser decisivos na final desta quarta-feira, em Estocolmo:

Sergio Romero (Manchester United)Habitual reserva do espanhol David de Gea, o goleiro da seleção argentina provou a si mesmo e ao torcedor do United que pode aguentar a pressão de ser a última linha de defesa de um dos mais populares clubes do mundo, se destacando na campanha rumo à final da Liga Europa.

O ex-goleiro da Sampdoria disputou 11 jogos nesta competição, sofrendo apenas quatro gols e sendo decisivo nas semifinais contra o Celta de Vigo.

Romero confirmou a ótima fase na última quarta-feira, na penúltima rodada da Premier League, defendendo um pênalti de Manolo Gabbiadini para segurar o 0 a 0 contra o Southampton.

Davy Klaassen (Ajax)Aos 24 anos, o capitão Klaassen é um dos veteranos da equipe treinada por Peter Bosz.

Klaassen é um meia clássico, capaz de defender, atacar e se mostrar decisivo, anotando 21 gols pelo Ajax nesta temporada.

Foi o arquiteto da classificação às semifinais contra o Schalke, anotando os dois primeiros gols do confronto, que acabou sendo decidido na prorrogação da partida de volta (4-3).

Henrikh Mkhitaryan (Manchester United)O meia armênio não começou a disputar a Liga Europa até a quarta partida do Ajax na competição, mas desde então se tornou um dos pilares da equipe de José Mourinho, com cinco gols no total, incluindo gols nas partidas fora de casa contra Saint-Etienne, Rostov e Anderlecht.

Substituído no intervalo da derrota contra o Manchester City, a princípio de setembro, a ex-estrela do Borussia Dortmund acabou se tornando um dos principais nomes do elenco do United e um dos favoritos da torcida no Old Trafford.

Bertrand Traoré (Ajax)Emprestando pelo Chelsea, Troré chegou ao Ajax em agosto do ano passado e se reencontrou com Peter Bosz, técnico que o treinou por dois anos no Vitesse Arnhem, também em empréstimo do clube inglês.

O jovem atacante burquinense, de 21 anos, não gostou de ter sido novamente emprestado pelo Chelsea e demorou para se adaptar à dinâmica do Ajax, mas aos poucos foi ganhando espaço na equipe, culminando nos dois gols marcados na vitória por 4 a 1 sobre o Lyon, na partida de ida das semifinais da Liga Europa.

Marcus Rashford (Manchester United)A lesão do francês Anthony Martial num jogo da Liga Europa contra o FC Midtjylland, no ano passado, deu a oportunidade a Rashford de estrear com a equipe principal do United. Desde então, o jovem atacante segue crescendo.

A grave lesão no joelho sofrida pelo sueco Zlatan Ibrahimovic em abril deu ao jovem de 19 anos a chance de ser titular do United na parte decisiva da temporada.

Rashford marcou o gol decisivo na prorrogação nas quartas de final contra o Anderlecht e também marcou o gol que colocou o United em vantagem sobre o Celta, no jogo de ida das semifinais.

Amin Younes (Ajax)Sua velocidade e capacidade de atacar pela ponta esquerda e seu domínio com ambas as pernas fazem dele o protótipo da escola do Ajax, clube que o contratou em 2015 junto ao Borussia Mönghengladbach.

Apesar de nesta temporada ter sido eclipsado pelo surgimento do dinamarquês Kasper Dolberg, principalmente no campeonato nacional, Younes é um dos artífices da classificação à final da Liga Europa, com 4 gols e 3 assistências na campanha na competição.

Após passar por todas as categorias de base da seleção alemã e depois de duas boas temporadas no Ajax, o habilidoso atacante de 23 anos acaba de ser convocado por Joachim Low para disputar a Copa das Confederações com seu país, no que será sua estreia na 'Mannschaft'.

Ander Herrera (Manchester United)Cinco anos depois de perder a final da Liga Europa com o Atheltic Bilbao, Herrera voltará a ter a oportunidade de conquistar a competição, desta vez como uma das peças fundamentais da equipe do United.

Apesar de não ter balançado as redes em oito jogos, Herrera apresenta um acerto de 88% nos passes, um dado importante para um jogador de meio de campo e importante na saída de bola.

Pulmão da equipe, Herrera acaba de ser eleito o melhor jogador da temporada pela torcida do United.

Após três anos na Inglaterra e estrear na seleção espanhol em novembro, Herrera parece ter chegado à maturidade esportiva aos 27 anos.

Davinson Sánchez (Ajax)O jovem meia colombiano, de 20 anos, precisou de apenas um ano no Ajax para se tornar um dos jogadores mais cobiçados pelos gigantes europeus, como Barcelona, Chelsea e Bayern de Munique.

Há menos de um ano, Sánchez conquistava a Copa Libertadores com o Atlético Nacional. Agora, terá a oportunidade de somar seu primeiro título europeu.

Destaque por seu ótimo posicionamento, seu forte jogo aéreo (1,87 m de altura) e sua saída de bola precisa (87% de acerto nos passes), Sánchez terá a difícil missão de parar os atacante do United nesta terça-feira.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo