Topo

Tênis

Nadal relembra desistência em Roland Garros-2016: "Quase destruí o pulso"

AP Photo/Michel Euler
Em 2016, espanhol abandonou o torneio às vésperas da terceira fase Imagem: AP Photo/Michel Euler

Da AFP, em Paris

25/05/2017 20h16

O espanhol Rafael Nadal admitiu nesta quinta-feira que quase destruiu o pulso no Aberto da França de 2016, e lembrou da dor que o obrigou a desistir da competição em que aspirava vencer o 10º título de Roland Garros.

O tenista deixou o torneio às vésperas da terceira fase, perdendo também a oportunidade de disputar Wimbledon. Mas Nadal conseguiu se recuperar a tempo das Olimpíadas do Rio de Janeiro.

"Não foi uma decisão, foi uma obrigação. Quase destruí o pulso em Roland Garros", falou Nadal para a Eurosport. "Estava jogando bem e forcei até meu pulso dizer chega. Depois disso, o resto do ano foi complicado", revelou.

Nadal é considerado um dos favoritos do título deste ano, após ser campeão nos torneios de saibro de Monte Carlo, Barcelona e Madri. O grande rival Roger Federer não vai participar.

"Minha direita está melhorando cada vez mais. O resto do meu jogo também está funcionando bem, não há muitos altos e baixos nesse momento", falou o espanhol, dono do recorde de nove título e 72 vitórias no torneio. Nadal perdeu apenas dois jogos na competição.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!