Esporte

"Esperamos não dar muito trabalho para Navas", diz Ramos

30/05/2017 14h56

Madri, 30 Mai 2017 (AFP) - O zagueiro Sergio Ramos confessou, nesta terça-feira, que espera não dar muito trabalho para o goleiro costarriquenho Keylor Navas, no sábado, na final da Liga dos Campeões contra a Juventus.

"Vai se complicado... Mas é uma garantia ter um grande goleiro como Navas, sobretudo no bom momento que ele atravessa agora", falou o capitão do Real Madrid durante dia aberto para a imprensa.

Keylor também se manifestou e garantiu que os merengues estão concentrados em vencer a taça.

"O mais importante é ganhar o título. Depois virão outras coisas e estamos mentalizando e nos esforçando para conquistar essa Champions", falou o arqueiro.

"Nenhuma final é fácil. Todas foram difíceis até agora e temos um grande rival que precisamos respeitar", acrescentou Navas para a televisão do clube.

O capitão levantou a moral do goleiro, muito criticado durante a temporada.

"Depois de uma temporada difícil para ele, Keylor alcançou seu melhor nível e está sendo decisivo, especialmente nesses últimos jogos da Liga. Tomara que a gente não precise dar muito trabalho pra ele, mas se for preciso ele vai seguir rendendo nesse nível porque é um goleiro extraordinário. Para mim, um dos melhores do mundo", elogiou Ramos.

O zagueiro avaliou o favoritismo como uma etiqueta imposta pelo público, mas lembrou que "estatísticas não vencem jogos e não vamos sair com o peito inflado por sermos os últimos campeões da Champions".

"Partimos do zero e sabemos que vai ser um jogo muito difícil, contra um rival enorme. Mais do que respeito, precisamos deixar a alma para tentar vencer", falou o artilheiro dos minutos finais.

"Nas últimas finais, eu tive a sorte de marcar gols decisivos. Se acontecer de novo no sábado, vai ser um prazer viver essa sensação única. Mas o importante é ser campeão outra vez", comentou Ramos.

"Participar de três finais em quatro anos é uma loucura que precisa ser valorizada. Quando vencemos, é melhor ainda", insistiu o capitão, destacando os pontos fortes dos rivais da decisão.

"Tem um grupo muito bom, com jogadores jovens e experientes. Tem Dani Alves, Dybala e Higuaín, que todas as bolas que tocou nesta temporada ele fez gols. A defesa é muito sólida, com poucos espaços. Vai ser difícil", sentenciou.

"Sabemos das nossas armas, temos boas jogadas de bola parada... Vamos fazer de tudo para abrir o placar", afirmou Ramos, garantindo que não está obcecado com a Bola de Ouro.

"Se eu quisesse ter prêmios individuais, eu jogaria tênis. Mas a verdade é que não faria mal a ninguém. Se eu tivesse a sorte de estar entre os três indicados à Bola de Ouro, seria um prêmio ao trabalho e ao esforço que dediquei a esse esporte", concluiu o capitão.

gr/psr/fa

JUVENTUS FOOTBALL CLUB

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo