Esporte

Camarões e Austrália lutam por sobrevivência nas Confederações

21/06/2017 10h42

São Petersburgo, 21 Jun 2017 (AFP) - Derrotados em suas respectivas estreias contra Chile e Alemanha, as seleções de Camarões e Austrália não podem tropeçar mais uma vez, nesta quinta-feira, ou serão eliminadas da Copa das Confederações.

Os dois jovens times, com pouca experiência mas muita vontade de evoluir, confirmaram os prognósticos e caíram para dois dos grandes favoritos ao título do torneio. Por isso, não podem dar mais chance ao azar.

"Austrália tem um grande espírito de luta e espero um jogo muito difícil contra eles, que têm um estilo diferente do Chile. Precisamos estar no nosso maior nível, porque se perdermos estaremos fora", admitiu o treinador dos Leões Indomáveis, o belga Hugo Broos.

Os africanos apresentaram um futebol muito ruim contra o campeão sul-americano, especialmente no primeiro tempo. Broos reconheceu que o time não estava confiante e demonstrou um pouco de medo, e que "poderíamos estar perdendo por 3 a 0 aos 20 minutos".

O campeão africano pode esperar atuação melhor de Christian Bassogog, jogador que deixou os espectadores da Copa da África de queixo caído, o que lhe valeu o prêmio de melhor aleta do torneio. No jogo contra a "La Roja" mal se fez notar, por conta da pressão dos chilenos.

Broos vai precisar resolver os problemas que tem nas laterais. Na CAN, Collins Fai e Ambroise Oyongo foram pesadelo constante para os rivais, mas Oyongo não disputa a competição porque está machucado.

- Problemas nos laterais -A solução seria colocar Ernest Mabouka, o que obriga mover Fai para o lado esquerdo, onde o jogador não rende tudo que pode. A tentativa não deu certo no último amistoso contra a Colômbia, quando Camarões perdeu por 4 a 0.

O treinador dos australianos, Ange Postecoglou também não ficou satisfeito com a estreia contra os alemães. "No primeiro tempo, eles foram bons demais com a gente. Cedemos muitos espaços e talvez tenhamos demonstrado respeito demais", lamentou-se sobre a derrota por 3 a 2.

Contra a Alemanha, os Socceroos cometeram dois erros cruciais e pagaram caro por isso. Contra Camarões, o time não pode sofrer um gol logo no início, o que cedeu a iniciativa para os alemães na estreia.

O primeiro problema pode ser resolvido com mais concentração por parte dos jogadores. Já para ficar mais com a bola, Aaron Mooy precisará aparecer mais no campo. Contra os campeões do mundo, o jogador ficou sumido, contrariando a função de liderar o time.

- Prováveis escalações

Camarões: Fabrice Ondoa - Ernest Mabouka Massoussi, Michael Ngadeu-Ngadjui, Adolphe Teikeu, Collins Fai - Sebastien Siani, Arnaud Djoum, Andre Zambo Anguissa - Christian Bassogog, Vincent Aboubakar, Benjamin Moukandjo.

Treinador: Hugo Broos.

Austrália: Mathew Ryan - Milos Degenek, Trent Sainsbury, Bailey Wright - Mathew Leckie, Jackson Irvine (ou Massimo Luongo), Mark Milligan, Aziz Behich - Tomas Rogic, Tomi Juric, Aaron Mooy.

Treinador: Ange Postecoglou.,

Árbitro: Milorad Mazic (SRB).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo