Topo

Esporte

Fifa abre processo contra Juve por transferência de Paul Pogba

Matthias Schrader/AP Photo
Pogba passou pela Juventus antes de chegar ao United Imagem: Matthias Schrader/AP Photo

Da EFE, em Lausana

21/06/2017 10h06

A Fifa exonerou o Manchester United da acusação de irresponsabilidade na transferência do francês Paul Pogba, mas abriu processo contra a Juventus, que vendeu o jogador ao clube inglês, anunciou nesta quarta-feira a entidade que rege o futebol.

"Foi aberto um expediente disciplinário contra a Juventus", anunciou a Fifa em nota, explicando que nenhum processo foi aberto contra o time inglês.

Em maio, a Fifa anunciou ter solicitado informações ao Manchester United sobre a contratação do meia francês, no que acabou se tornando a transferência mais cara da história do futebol, num valor superior a 100 milhões de euros.

O empresário de Pogba, Mino Raiola, que embolsou 49 milhões do valor total da operação, foi acusado de ter atuado em conflito de interesses, ao ser representante do jogador e trabalhar para as duas equipes.

Segundo o site francês Mediapart, "Pogba custou na realidade 127 milhões de euros ao United, dos quais 49 milhões foram parar nos bolsos dos representantes e 'somente' 70 para a Juventus".

Mediapart explica que Raiola "não informou ao clube inglês que também trabalhava para a equipe italiana".

Pogba, 24 anos, foi revelado pelo clube francês Le Havre antes de ser comprado pelo Manchester, que o vendeu à Juve.

Na Itália, se tornou uma estrela do futebol mundial, conquistando quatro títulos italianos, o que acabou incentivando o United a recomprar seus passe, desta vez por 105 milhões de euros, mais incentivos no valor de 5 milhões de euros.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte