Esporte

México sofre para vencer Nova Zelândia de virada nas Confederações

21/06/2017 17h10

Sochi, Rússia, 21 Jun 2017 (AFP) - O México venceu a Nova Zelândia de virada por 2 a 1, nesta quarta-feira, pela segunda rodada do Grupo A da Copa das Confederações, e se aproximou da vaga para as semifinais do torneio.

A seleção da Oceania marcou o primeiro gol na competição e esteve perto da primeira vitória em torneios intercontinentais, mas acabou cedendo à pressão dos latinos no segundo tempo.

O atacante Chris Wood abriu o placar para os neozelandeses, aos 42 minutos do primeiro tempo. Na segunda etapa, Raúl Jiménez empatou para os mexicanos, aos 9 minutos, e Oribe Peralta virou, aos 27.

Assim como na primeira partida entre Alemanha e Austrália, o estádio Olímpico de Sochi não recebeu grande público. Com capacidade para quase 42 mil pessoas, apenas 25.133 compareceram ao jogo para acompanhar o duelo.

O resultado deixou os mexicanos na liderança do grupo, empatado com Portugal com quatro pontos. O time do técnico Juan Carlos Osorio tem a vantagem do saldo de gols. A Rússia é o terceiro, com três, enquanto a Nova Zelândia é a lanterna, ainda sem pontuar.

- Nova Zelândia surpreende -Como de costume em suas escalações, Osorio promoveu mudanças em relação ao time que enfrentou Portugal, mudando oito jogadores na escalação titular. Principais nomes do time, Chicharito e Carlos Vela ficaram no banco de reserva.

Mesmo sem os pilares do time, os latinos apostavam num jogo de toque de bola, apostando na velocidade do meia Damm, jogando como um ponta pela direita.

Do outro lado, os "All Blacks" reconheciam a inferioridade técnica e abusavam de bolas longas, que procuravam o centroavante Chris Wood, ou em jogadas de bola parada.

No entanto, as melhores chances eram dos neozelandeses, que aproveitavam os espaços deixados pelos mexicanos, dispersos em campo.

Aos 42 minutos do primeiro tempo, o time da Oceania saiu na frente com gol de Wood, depois de Lewis aproveitar erro na saída de bola do México e dar belo passe nas costas da zaga para o camisa 9, que encheu o pé e venceu o goleiro Talavera.

O gol quebrou a seca da Nova Zelândia de 5 jogos sem marcar na competição, desde a partida contra a Colômbia, na edição de 2003.

- Resposta mexicana -Com o time apático no primeiro tempo, Osorio colocou Héctor Herrera depois do intervalo, para melhorar o passe e pressionar em busca do empate. A equipe respondeu dentro de campo e foi para cima dos neozelandeses.

Após blitz nos minutos iniciais, Aquino iniciou a jogada pela esquerda com drible por debaixo das pernas de Ingham. A bola passou de pé em pé até chegar em Raúl Jiménez, que girou e bateu firme, no ângulo de Marinovic, para empatar aos 9 minutos.

O jogo voltou ao roteiro esperado e os mexicanos melhoraram, enquanto a Nova Zelândia contava com a briga de Wood entre os zagueiros.

Em nova jogada pela esquerda, Aquino foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro para trás. Ligado no jogo, Peralta apareceu para bater com o pé esquerdo e virar a partida, aos 27 minutos.

Quando a vitória parecia definida, Thomas colocou fogo no jogo e ameaçou empatar a partida, aos 39 minutos, depois de um chute explodir no travessão de Talavera.

O México respondeu e quase ampliou, aos 44. Jiménez recebeu passe parecido ao segundo gol e bateu. A bola venceu o goleiro Marinovic, mas Smith apareceu em cima da linha para evitar o terceiro.

A partida ainda teve direito a confusão entre os jogadores. O árbitro usou o recurso da vídeo-arbitragem para punir os jogadores envolvidos.

O próximo jogo do México é contra a anfitriã Rússia, no sábado, ao meio dia pelo horário de Brasília. Na mesma hora, Cristiano Ronaldo e companhia enfrentam a Nova Zelândia para definir quem avanã na competição.

fa

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo