Esporte

Ricciardo vence GP emocionante no Azerbaijão; Hamilton e Vettel se estranham

25/06/2017 16h36

Baku, Azerbaijão, 25 Jun 2017 (AFP) - O australiano Daniel Riccardio (Red Bull) venceu neste domingo o Grande Prêmio do Azerbaidjão de Fórmula 1, uma corrida caótica e emocionante, marcada pela tensão entre Sebastian Vettel (Ferrari) e Lewis Hamilton (Mercedes), que brigam pelo título Mundial.

Ricciardo conquistou em Baku sua quinta vitória na carreira, superando no pódio o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), que superou na reta final o canadense Lance Stroll (Williams), terceiro colocado.

Stroll, aos 18 anos e 239 dias de idade, se tornou o piloto mais novo da história da Fórmula 1 a subir ao pódio de uma corrida em sua temporada de estreia na categoria.

Vettel terminou em quarto, à frente de Hamilton (5º), aumentando para 14 pontos sua vantagem sobre o britânico no Mundial de Pilotos.

Foi uma corrida totalmente louca, com direito a três carros de segurança, uma bandeira vermelha, uma incidente entre Vettel e Hamilton e um mano a mano final. Resumindo: um Grande Prêmio de tirar o fôlego para os espectadores, mas confuso para os padrões habituais da Fórmula 1.

Vettel e Hamilton competiram no limite do regulamento, relembrando algumas das maiores rivalidades da história do esporte: Niki Lauda/James Hunt nos anos 1970, Ayrton Senna/Alain Prost nos anos 1990 e, mais recentemente, o duelo entre Hamilton e Nico Rosberg dos últimos anos.

Na volta 22, com o safety car na pista, Hamilton deu forte freada que fez Vettel bater na traseira de sua Mercedes. Possesso com a atitude do britânico, o alemão emparelhou sua Ferrari com o líder da prova e deu um toque proposital na lateral do carro de Hamilton ao reclamar.

"Ele freou, eu não tinha pra onde ir e bati nele. Se eu tenho que ser punido, então ele também tem que ser", criticou Vettel.

A atitude de Vettel acabou lhe custando a vitória: punição de 10 segundos de 'stop and go' nos boxes.

- Milagre de Bottas -Isso porque pouco antes do anúncio da punição a Vettel, Hamilton se viu obrigado a passar nos boxes para reposicionar a proteção de espuma de seu carro, que estava se soltando.

"Essas coisas acontecem, não me importa, bola pra frente. Não quero falar sobre isso. Acontece", resumiu por sua vez Hamilton.

Com as duas passagens pelos boxes realizadas, os dois rivais se encontraram novamente um atrás do outro na pista, mas com as posições invertidas: Vettel(7º) à frente de Hamilton (8º), a 15 voltas para o fim da prova.

Hamilton acabou não encontrando brecha para pressionar o rápido alemão, que ao cruzar a linha de chegada aumentou sua vantagem em dois pontos sobre o rival na briga pelo título mundial.

Enquanto as atenções estavam voltadas na briga Hamilton-Vettel, Bottas, que caiu para o último lugar após a primeira curva do GP, devido a um toque com o compatriota Kimi Raikkonen (Ferrari), vinha fazendo corrida de recuperação impressionante, beneficiado pelas inúmeras intervenções do safety car.

Na última volta, Bottas fechou com chave de ouro uma das corridas mais malucas dos últimos tempos na F1, ultrapassando Stroll para assumir o segundo lugar centésimos de segundo antes de cruzar a linha de chegada.

Já Felipe Massa teve altos e baixos em Baku.

Após largada impressionante, saiu do 9º para o 6º lugar na primeira volta. O brasileiro repetiu o feito nas duas relargadas seguintes às saídas do safety car, aproveitando para pular para o 4º lugar e, em seguida, para a 3ª posição, atrás apenas de Hamiton e Vettel com 25 voltas completadas.

A Williams de Massa, porém, não aguentou uma terceira relargada. Após a interrupção por bandeira vermelha, sofreu com a quebra da suspensão que obrigou o brasileiro a abandonar a prova na 27ª volta.

- Classificação oficial do GP do Azerbaidjão de F1:

1. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-TAG Heuer)

Percorreu 306,000 km em 2h03:55.570

(média: 148,176 km/h)

2. Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) a 3.904

3. Lance Stroll (CAN/Williams-Mercedes) a 4.009

4. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) a 5.976

5. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) a 6.188

6. Esteban Ocon (FRA/Force India-Mercedes) a 30.298

7. Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari) a 41.753

8. Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso-Renault) a 49.400

9. Fernando Alonso (ESP/McLaren-Honda) a 59.551

10. Pascal Wehrlein (ALE/Sauber-Ferrari) a 1:29.093

11. Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari) a 1:31.794

12. Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren-Honda) a 1:32.160

13. Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari) a 1 volta

. Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari) a 5 voltas

Volta mais rápida da prova: Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) 1:43.441 na 47ª volta (média: 208,919 km/h)

Abandonos:

Jolyon Palmer (GBR/Renault): problemas mecânicos 7ª volta

Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso): freios 10ª volta

Max Verstappen (HOL/Red Bull): motor 12ª volta

Nico Hülkenberg (ALE/Renault): suspensão 25ª volta

Felipe Massa (BRA/Williams): problemas mecânicos 26ª volta

Sergio Pérez (MEX/Force India): problemas mecânicos 40ª volta

Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari): problemas mecânicos 47ª volta

Classificação do Mundial de Pilotos:

1. Sebastian Vettel (ALE) 153 pts

2. Lewis Hamilton (GBR) 139

3. Valtteri Bottas (FIN) 111

4. Daniel Ricciardo (AUS) 92

5. Kimi Räikkönen (FIN) 73

6. Max Verstappen (HOL) 45

7. Sergio Pérez (MEX) 44

8. Esteban Ocon (FRA) 35

9. Carlos Sainz Jr (ESP) 29

10. Felipe Massa (BRA) 20

11. Nico Hülkenberg (ALE) 18

12. Lance Stroll (CAN) 17

13. Kevin Magnussen (DIN) 11

14. Romain Grosjean (FRA) 10

15. Pascal Wehrlein (ALE) 5

16. Daniil Kvyat (RUS) 4

17. Fernando Alonso (ESP) 2

Classificação do Mundial de Construtores:

1. Mercedes-AMG 250 pts

2. Ferrari 226

3. Red Bull 137

4. Force India 79

5. Williams 37

6. Toro Rosso 33

7. Haas 21

8. Renault 18

9. Sauber 5

10. McLaren-Honda 2.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo